08 outubro 2012

Os desafios do prefeito reeleito:


Fim do conturbado período eleitoral na cidade de Nova Londrina, o povo falou através do voto e decidiu quem governará a cidade pelos próximos quatro anos. Para aqueles que, como eu, tentam avaliar os acontecimentos passados, só resta os números das urnas para analise. Vamos a eles.

Se olharmos apenas os votos válidos, ou seja, aqueles que foram computados para os candidatos que podiam receber votos no pleito ao Executivo, não há duvidas que Dornelis Chiodelli venceu com ampla maioria, ou seja, 62,16% dos votos e contou com o apoio de seis partidos políticos, quase a metade dos que estavam disputando, além de contar com a máquina municipal, o que não podemos negar é um fator de ajuda considerável.. No entanto, a análise tem que ser mais detalhada.

Na cidade de Nova Londrina, votaram um total de 8111 eleitores. Destes, o prefeito eleito obteve 3356 votos. Tal número significa que o prefeito eleito não contou com a maioria dos votos dos eleitores novalondrinenses, uma vez que a soma dos seus adversários, brancos e nulos é de 4755. Uma diferença considerável contra o prefeito reeleito.

Diante disso, Dornelis Chiodelli continua administrando uma cidade triplamente dividida, onde a maioria do eleitorado não aprovou a sua administração anterior, pois caso o tivessem, teriam votado nele e não nos concorrentes ou em branco e nulo. Agora, são mais quatro anos para tentar reverter o quatro e fazer o sucessor, que provavelmente será o vice-prefeito eleito neste domingo.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats