20 abril 2011

Aforismos:

“Não se mede o estudo pelo número de páginas lidas numa noite ou pela quantidade de livros lidos num semestre. Estudar não é um ato de consumir idéias, mas de criá-las e recriá-las.”

Paulo Freire

16 abril 2011

Virada Cultural:

A população sempre reclama que na cidade, principalmente as pequenas do interior, não existem eventos culturais. As administrações públicas sempre que fazem um evento cultural percebem a baixa quantidade de público ou o seu elitismo. Os defensores do acesso democrático à todas as formas de manifestação cultural, reclamam que tais eventos são feitos longe das massas. Está criado o impasse.


Desde 2005 a cidade de São Paulo promove a VIRADA CULTURAL. Trata-se de 24 horas de eventos culturais espalhados por toda a cidade. Não são apenas os teatros e casas de shows utilizados, mas principalmente as ruas, praças e calçadas. O objetivo é levar a cultura onde o povo está. Não estamos falando apenas de música, mas também de literatura, poesia, teatro, filmes, documentários e debates que acontecem o tempo todo nos mais variados locais, e o melhor, tudo de graça para a população.


Fico me perguntando o motivo das nossas pequenas cidades do interior não investirem em eventos deste tipo. Ah, sempre tem a desculpa do custo financeiro de tal evento. Mas penso que com criatividade e organização, o custo seria o de menos. Vamos aos exemplos.


Toda cidade tem seus artistas locais que sempre esperam uma oportunidade para mostrar o seu talento musical, poético, literário, etc. Não cobrariam nada. Nossas cidades vizinhas também possuem outros talentos que acredito não ousariam cobrar para uma apresentação sem fins lucrativos onde o mais importante é a difusão da CULTURA. Além disso, grandes artistas de nível nacional têm encampado a idéia e não cobram nada por suas apresentações em eventos deste tipo.


Tudo bem que 24 horas de apresentações culturais é muita coisa para as nossas cidades interioranas, mas talvez um dia de sábado ou domingo poderia ser propício. Mas Cássio, já temos carnaval, rodeio, exposição, etc, o que é suficiente. Não! Não estou falando de festa, estou falando de CULTURA e as suas mais variadas formas de manifestação.


Imaginem como seria um dia inteiro da população nas ruas atrás de CULTURA, atrás de conhecimento, atrás de diversão, atrás de teatro, de cinema alternativo, de música alternativa, de poesia, de leitura. Além disso, seria um legado importante para nossas crianças.


QUERO UMA VIRADA CULTURAL NA MINHA CIDADE!


Por: Cássio Augusto – professor e mestrando em História.

09 abril 2011

Resenha publicada:

A Revista Espaço Acadêmico, da UEM, neste mês de abril traz um interessante dossiê sobre Movimento Sociais e Poder Popular. Nesta edição, fiz publicar mais uma resenha de minha autoria e sobre um tema que a alguns anos venho dedicando os meus estudos: Gramsci.


No final do ano passado, a Fundação Astrojildo Pereira publicou em livro uma coletânea de textos sobre o pensamento deste comunista italiano do início do século passado, que tão bem refletiu sobre a sociedade capitalista contemporânea. Minha resenha é intitulada “Gramsci no seu e no nosso tempo”.


Além disso, esta singela resenha mereceu referência no site da FAP, conforme o link.


Por: Cássio Augusto – professor e mestrando em História.

07 abril 2011

Curso de Oratória em NL:

Nos dias 13 e 14 de Maio, acontecerá em Nova Londrina o curso de Oratória Gestos e Posturas (sexta das 19:00 as 22:00 e sábado das 08:00 as 12:00 e das 14:00 as 18:00) no Anfiteatro Municipal. O ministrante será o advogado de Paranavaí João Henrique Ernesto de Andrade. As inscrições podem ser feitas na BV Financeira, com a Camila. Mais informações no fone: (44) 3432-2742.

Abaixo, o folder do evento.


Por: Cássio Augusto – professor e mestrando em História.

06 abril 2011

O que é o amor?

Todos nós já vimos e lemos várias definições sobre o AMOR. Muitas músicas, poemas e literatura foram escritas para explicar este sentimento que move, ou pelo menos deveria mover os seres humanos.


Outro dia, em um livro de sociologia, encontrei uma mas mais lindas definições sobre o que é o amor.


“O amor é a procura de nós próprios, é o desejo ardente de realmente entrar em contato comigo e contigo, partilhar os corpos, os pensamentos, encontrar-se um ao outro sem nada a esconder, fazer confissões e se perdoado, é compreensão, confirmação e suporte no que foi e no que é, é o anseio por um lar e pela confiança para contrabalançar as dúvidas e ansiedades geradas pela vida moderna.” (Beck e Beck-Gernsheim)


Por: Cássio Augusto – professor e mestrando em História.

01 abril 2011

1964: Infelizmente, não era mentira!

No dia 1° de abril de 1964, o Brasil acordava com um GOLPE orquestrado por militares, empresários e políticos. Infelizmente, não era mentira. Inaugurava-se duas décadas de censura, tortura e assassinatos em nome de uma suposta segurança nacional. Ainda há muita coisa dessa época que precisa ser estudada e resgatada. Abaixo, algumas charges de Carlos Latuff que nos remetem à reflexão sobre o período.
Por: Cássio Augusto – professor e mestrando.



Free counter and web stats