16 dezembro 2010

Imoral e engorda!

Todo mundo que vive no Brasil sabe que ontem o Congresso Nacional aprovou a justa equiparação salarial entre o judiciário, legislativos e executivo, afinal, como na república temos três poderes independentes e harmônicos entre si, ambos devem ganhar o mesmo valor.

O que não é moralmente aceito é o valor. Serão R$ 26,7 mil por mês, fora as verbas de gabinete, auxílio moradia e passagens aéreas. Quem paga a conta, somos nós, é claro!

O projeto de Lei foi votado em uma velocidade surpreendente para os padrões do Parlamento. Dos 513 deputados existentes na Câmara, apenas 317 participaram da votação. Deste total, apenas 35 foram CONTRA a equiparação.

Dentre os principais partidos políticos, foram contra: 9 do PT; os 3 do PSOL; 4 do PSDB; 2 do PSB; 3 do PMDB; 2 do PPS; 4 do PV; 1 do PTB; 2 do PDT; 1 do DEMOcratas;

No Paraná, tivemos os votos contrários de: Assis do Couto (PT); Gustavo Fruet (PSDB); Reinhold Stephanes (PMDB) e Takayama (PSC).

Clique aqui e veja a lista completa. Caso seu deputado não seja encontrado em nenhuma das listas, é pior ainda, pois significa que ele não estava na reunião.

Por: Cássio Augusto – professor e mestrando em História UEM.

2 Comentários:

Às 16/12/10 5:56 PM , Blogger Mateus Brandão disse...

Quanto à esses políticos, câncer maior do nosso país, eu sugiro que leiam um texto de minha autoria que se encontra neste conceituado blog. O nome do texto é "Arte de Satanás".

 
Às 16/12/10 6:36 PM , Blogger PROF ROBERTO disse...

Essas atitudes indignam qualquer cidadão; pior, nosso povo reclama, protesta com palavrões; por isso a importância em estar participando da política seja municipal, estadual ou nacional.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats