30 outubro 2010

Os falsos profetas:

“Acautelai-vos, porém dos falsos profetas, que vem até vós vestidos como ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores”.

Esta citação é bíblica, e atribuída a Jesus no evangelho de Mateus capítulo 7 e versículo 15.

Nesta passagem, Cristo nos adverte para sermos cautelosos, para não cairmos no conto enganoso dos falsos profetas que se mostram dóceis como as ovelhas, porém mortíferos como os lobos famintos, os corações destes transbordam em mácula e em vez do bem, semeiam o mal.

O atual momento histórico do nosso país está servindo para o levante desses falsos profetas, eles estão saindo como ratos, das mais diversas locas do submundo de igrejas onde homens ao invés de se comprometerem com os princípios cristãos, andam se mesclando ao jogo mais fétido e desgraçado da política.

Nesta campanha eleitoral, os falsos profetas nos vêm vestidos em batinas ou ternos e gravatas, usando o nome de Deus para promoções eleitoreiras, para o benefício deste candidato e a maldição daquela. Neste ato eles manipulam, eles roubam as consciências de seus rebanhos e lhes confiscam a paz de seus espíritos, neste jogo sujo e explicitamente carnal, os falsos profetas usurpam, se apoderam da mente de suas ovelhas para usar-lhes em benefício de seus próprios interesses.

Atentai-vos ovelhas de Cristo, o inimigo está em derredor, lembrai-vos o exemplo dos sepulcros caiados, em seu interior há somente imundícia, norteemo-nos em Cristo, é impossível servirmos a Deus e ao dinheiro. Os lobos injuriam e perseguem, de suas bocas provém benção e maldição.

A bíblia é franca, por ela Cristo nos foi claro ele não os conhecerá, pois são falsos e seus comprometimentos não são com as coisas do céu. Fujamos deles.

Cristo primou pelo amor e não pelo ódio, os verdadeiros profetas servem a Deus e não aos homens, os falsos profetas esqueceram-se da bíblia, abandonaram a causa de Cristo, não podemos nos deixar levar pelos enganadores, estas manifestações, prenunciam o início do tempo do fim.

Porém, nós, mortais, ovelhas ou criaturas, não devemos ouvir esses enganadores que vociferam em seus púlpitos maldições que só seriam evitadas se nós seguirmos as suas vontades, os profetas verdadeiros não são ditadores, não nos fornecem regras para beneficiar ou prejudicar políticos, não somos seus escravos, não estamos no Egito dos faraós.

Se há promessas a se cumprir, elas se cumprirão, independentes de quem governe as nações do mundo, não deixem que o ladrão roube nossas consciências.

Não há com o que se preocupar, o Cristo ressureto nos ensinou:

“Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.”JOÃO 16:33.

Que assim seja, e que nos dêem o direito de votar sem medo e sem ódio.

Por: Mateus Brandão de Souza, graduado em história pela FAFIPA.

1 Comentários:

Às 22/3/11 10:34 PM , Blogger Eduardo Santana disse...

Concordo plenamente. Posso acrescentar mais: todos os verdadeiros são perseguidos. Todos os falsos são aplaudidos. Para mais detalhes, acesse: http://filhodoreino.blogspot.com/2010/09/os-falsos-profetas.html

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats