19 setembro 2010

Virgulino Lampião, Deputado Federá

Virgulino Lampião, Deputado Federá
(Jessier Quirino)

Seus Dotôres Deputado
falo sem tutubiá
pra mostrá que nós matuto
sabe se pronunciá
dizê que ta um presídio
com dó e matuticídio
a vida nesse lugá

O Brasí surgiu de nós
nós tudo que vem da massa
deram um nó no mêi de nós
que nós desse nó não passa
e de quatro em quatro ano
vem vocês com o veio plano
desata o nó e se abraça

Tamo chêi dessa bostice
de promessa e eleição
dos que vem de vem em quanto
se rindo, estendeno a mão
candidato a caloteiro
aprendiz de trapaceiro
corruto, falso e ladrão.

A coisa ta enveigada
ta ruim de devenveigá
meu sistema neuvosíssimo
vejo a hora se estorá
se estóra eu não engano
cuma diz o americano
na matança eu tem norrá.

Quero que vocês refrita
o falá da minha fala
pelo cano do revóve
magine o tamãe da bala.

Vocês que véve arrimado
nas bengala do podê
dou um chuto na bengala
mode alejado corrê
dou dedo, faço munganga
canto Ouvira do Ypiranga
e mando tudo se fudê.

Acunho logo a tramela
nas porta da corrução
toco fogo na lixeira
e passo de mão em mão
corto língua de quem mente
quebro três ou quatro dente
dos Deputado risão.

Político que come uva
em plena safra de manga
vai pra lei dos desperdiço
nas faca dos meus capanga.

Se eu der um tiro no mato
e bater num marinheiro
é porque tem mais honesto
do que cabra trambiqueiro
diante dessa nutiça
não haverá injustiça
é a lei dos cangaceiro.

Os deputado bom de peia
eu tiro o “W” do nome
tiro vírgula dos discurso
reticença e pisilone
sapeco lei pra matuto
meto bala nesses puto
e um viva no microfone.

Matuto que tem saúde
pro trabaio ele é capaz
nós se vira, arruma água
as sementes e o preço em paz
não vai sê protecionismo
é a lei do Nordestinismo
dos Problemas Matutais.

Debuiado este discurso
pros Dotôre e Deputado
ta dizido minha meta
pra cem bilhão de roçado
depois não venham dizê
que foi golpe de pudê
proque não foram avisado

Partido dos Cangaceiro
o PC dos natura
pela lei da ignorança
do Congresso Federá
assinado Capitão
Virgulino Lampião
Deputado Federá.

Por: Cássio Augusto – professor, bacharel em Direito, licenciado em História e mestrando em História pela UEM.

2 Comentários:

Às 20/9/10 12:24 AM , Blogger Mateus Brandão disse...

Esse é o grande Jessier Quirino, parabéns pela postagem, é de muito bom gosto, o texto "Virgulino Lampião, Deputado Federá" é sensacional.

 
Às 22/9/10 8:24 AM , Blogger Parreiras disse...

Arrependo-me até hoje, de não ter conservado uns dez livrinhos de cordel que eu comprava na Banca da Dona Severina, anos 60, em Santa Isabel do Ivaí.
"A chegada de Lampião no inferno", "Cego Aderaldo", e, o clássico "O cachorro dos Mortos", entre eles.
Em suas trovas, liçoes de vida, de ética, de sociologia, de humanismo.
Aqui em Curitiba, ninguém me tira da roda que se forma em torno dos repentistas que vez ou outra se apresentam na Boca Maldita.
Me embasbaco vendo aqueles artistas de escola limitada, declamando sem engasgue, extensos desafios, suas mães xingadas, a sexualidade nossa discutida, nos chamam de corno e de veado.
E, lendo Jessier Quirino, reendosso Guimarães Rosa, "O Nordestino é um forte".

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats