14 julho 2010

Homem e Natureza:

Ao longo de toda a história, o ser humano sempre procurou explicações sobrenatutais para os fenômenos naturais que a razão não lhe permitia explicar. Estas explicações são rotuladas como lendas, mitos, crenças, folclores, etc. Quero neste texto me referir a um deles: A Arca de Noé.

Diz a estória, que “Os homens eram muito maus e então foram castigados com um grande dilúvio, que matou quase toda a humanidade. Mas um homem bom foi salvo. Ele recebeu um aviso dos céus e construiu um grande barco de madeira antes que começassem as chuvas”. Acontece que essa mesma história foi encontrada em placas de barro sumerianas, feitas muitos séculos antes de o povo hebreu ter escrito a Bíblia! Questão de fé ou não, penso que o mais importante mesmo é a mensagem que esta estória nos tem para transmitir.

Podemos perceber, em uma leitura um pouco mais atenta, que a terra está prestes a ser destruída, no caso, pela cheia dos rios devido à fortes chuvas. Um homem, é incumbido de utilizar de toda a sua inteligência RACIONAL para construir um barco e colocar nele, uma espécie de cada animal, para salvá-los da extinção.

Ora, em tempos de aquecimento global, derretimento das camadas polares e aumento do nível dos mares, nos fica a lição de que o ser humano, dotado de grande capacidade analítica, deve utilizá-la para salvar a natureza e sua própria existência. No entanto, apesar do dilúvio ser uma estória de milhares de anos, parece que o homem ainda não percebeu que não é Deus quem os vai castigar, mas sim, o próprio homem está criando as condições para o dilúvio do terceiro milênio.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats