29 junho 2010

Sessão Ordinária da Câmara Municipal:

A Sessão Ordinária da Câmara Municipal de segunda-feira dia 28 de junho de 2010, começou às 20h00min horas, para um público presente de 09 cidadãos e presença de todos os vereadores. Nos trabalhos, houve a entrada na casa de dois projetos de lei, dois requerimentos e mais os projetos de lei 64,65 e 66/2010 que se encontravam nas comissões responsáveis com todos os pareceres favoráveis.

Projeto de lei 064/2010-Abre crédito adicional suplementar, no orçamento vigente do município, inclusão de meta de trabalho na lei 2106/2010, LDO 2010;
Projeto de lei 065/2010-Autoriza o poder executivo municipal, de fazer abertura de credito adicional especial suplementar na LOA e LDO de 2010 e dá outras providencias;
Projeto de lei 066/2010-Denomina “Armando Valentim Chiamulera” a Biblioteca Cidadã (em construção);
Projeto de lei 068/2010-Pagamentos de bem imóveis, altera o artigo 6º do código tributário municipal de 1410/2001;
Projeto de lei 069/2010-Autoriza o poder executivo municipal de firmar contrato de concessão de uso de imóvel publico a favor da Associação Comercial e Empresarial de Nova Londrina (ACINOL).

Destaquei um requerimento, e uma resolução:
Requerimento 20/2010-Vereador Raimundo Xavier, no uso de suas atribuições legais e regimentais, requer seja oficiado ao Excel. Prefeito Municipal Sr.Dornelis José Chiodelli, a instalação de iluminarias na rua bandeirantes (Próx. ao Clube Caiuá);
Resolução 08/2010-O Excelentissimo Senhor Presidente da Câmara Municipal Nelson da Costa, autoriza a Rádio Pontal AM, com documentos apresentados à câmara, de realizar as transmissões das sessões da Câmara, ao vivo na integra, a partir do dia 01 de agosto de 2010 a 31 de dezembro de 2010.

Presidente Nelson, enviou as comissões os projetos de lei 068 e 069/2010, para ser discutidos e votados na Quinta-Feira (01 de julho) às 17h00min em Sessão Extraordinária.

Vereador Otávio Grendene, cumprimentou os presentes, e iniciou o seu pronunciamento na tribuna, com uma frase do sociólogo, cientista político brasileiro e ex-presidente da republica Fernando Henrique Cardoso, e disse que entrou com o projeto de lei 066/2010 na câmara municipal para denominar Armando Valentim Chiamulera a Biblioteca Municipal Cidadã, pelo mesmo ser uns dos fundadores de Nova Londrina, leu na tribuna um pouco da história de vida de Armando, como o mesmo chegou à Nova Londrina, falou que Armando foi um idealizador da fundação do município, e expos que não elabora esse projeto por política, e sim por reconhecimento a pessoa de Armando V. Chiamulera, tendo em vista também ser o primeiro a chegar nessa localidade, e ainda disse que o mesmo é um grande homem, pediu a aprovação do projeto para Armando Chiamulera ficar marcado na história do município, e encerrou.

Vereador Álvaro Guilherme, cumprimentou os presentes, disse que se inscreveu para comentar os projetos da pauta; sobre o 64/2010 falou que é um projeto elaborado pelo executivo, de abertura de crédito, e se colocou favorável a esse projeto; sobre o 65/2010 disse ser também da mesma forma, e que também vota favorável; sobre o 66/2010 parabenizou o autor do projeto o Vereador Otávio, e falou que essa denominação é merecida, tendo em vista que Armando Chiamulera muito colaborou pelo desenvolvimento do município; comentou sobre a resolução 08/2010 disse que fica feliz, pois a transmissão será feita ao vivo e na íntegra, assim sem cortes, segundo o Vereador de uma forma imparcial, democrática e justa, expos que quando era Presidente da Câmara uma emissora de Rádio tinha o interesse de transmitir as sessões, e comentou que naquela oportunidade autorizou mais que a rádio fizesse as transmissões sem cortes, na integra,aí informou que a rádio assim não quis,falou que aqueles que não podem comparecer na Câmara poderão ouvir no rádio; sobre o projeto de lei 68/2010 falou que ouviu que será votado em extraordinária, e disse que esse projeto é um projeto interessante e que vai regulamentar essa situação, e disse que o mesmo só necessita de uma melhor analise por parte das comissões e do jurídico; sobre o 69/2010 disse que gostaria que a comissão o convidasse para participar, e também para ir ao prefeito e mudar algumas coisas do projeto, e sugeriu que o prefeito ao Invés de firmar contrato de concessão por 10 anos, seja feita a concessão por definitivo, ou prolongando o contrato para 20 anos, tendo em vista que a ACINOL irá investir na reforma do prédio, e que também por tudo que a mesma representa ao município, agradeceu e encerrou.

Foram colocadas em votação as dispensas de prazo dos projetos 64,65 e 66/2010, e as mesmas foram aprovadas por unanimidade.

Na discussão e aprovação do projeto de lei 064/2010-Pedindo a palavra o Vereador Otávio, o mesmo disse que esse projeto é para realizar pagamento de folhas salariais da saúde como está justificado junto ao projeto, pediu para que o Prefeito Municipal tomasse cuidado com essas aberturas de crédito, e assim solicitou o encaminhamento de ofício ao Prefeito Dornelis alertando o mesmo, e dizendo que a casa já está preocupada com essas aberturas; informou que essa abertura é de 782.000,00 mil reais, para pagamentos do decorrer de seis meses, e também pediu cautela ao prefeito, para futuramente o mesmo não ter suas contas reprovadas pelo tribunal de contas, e falou que acredita que o Prefeito está respeitando a lei, e antecipou o seu voto favorável ao projeto, e encerrou.

Foram colocados em votação os projetos de lei 65 e 66/2010, requerimento 20/2010, e os mesmos foram aprovados por unanimidade sem nenhum vereador usar da palavra.

Em considerações finais, e assim pela ordem dos inscritos, foi concedida a palavra ao Vereador Cláudio Mantuani, o qual cumprimentou os presentes, disse que o requerimento 20/2010 foi bem lembrado, pois segundo o vereador já foi enviado oficio a COPEL para a mesma realizar esse trabalho; parabenizou o Vereador Otávio tendo em vista o projeto de lei 066/2010 ter sido elaborado pelo mesmo, falou que teve o privilégio de conhecer Armando Chiamulera, disse que o mesmo era uma pessoa sofrida, que batalhou muito na vida, falou da importância dessas pessoas que fizeram muito por Nova Londrina serem lembradas, agradeceu e encerrou.

Vereador Álvaro Luiz, disse que se inscreveu em considerações finais, para comentar de um recurso que está para vir ao município de Nova Londrina por intermédio do Deputado Federal Hermes Parcianello (PMDB), disse que foi um pedido seu, para a estrada que liga ate a entrada da Fecularia Lopes, disse que recebeu uma ligação do Deputado, e o mesmo disse-o que estaria enviando 150 mil reais, e solicitou com urgência do numero do SICONVI, falou que procurou a Prefeitura naquela oportunidade e a mesma estava fechava tendo em vista o jogo da Seleção Brasileira, e que ficou para hoje, disse que foi hoje a Prefeitura, acompanhado do empresário, e expos que foi bem atendido, e que tirou algumas duvidas, mais disse que houve um problema, pois não dava para acessar o sistema e colher o numero do SICONV, e falou que acredita que amanhã (29.06) dê certo, disse que trás esse assunto a casa, pois são nove vereadores que lutam pelo município, e pediu aos demais vereadores que o ajudasse nisso, agradeceu a presença de todos em especial ao Sr. Carlos ex-presidente da ACINOL, e presidente da CACIPAR, elogiou o mesmo por essa conquista, e encerrou.

Presidente Nelson da Costa pediu ao secretário, para o mesmo confeccionar os ofícios dos vereadores Álvaro e Otávio nos modos inseridos em suas palavras; solicitou o encaminhamento de ofício de condolências a Família do Sr. Nelson Mielli tendo em vista o seu falecimento; destacou a resolução 08/2010 que credencia a Rádio Pontal a transmitir as sessões da câmara ao vivo na íntegra, disse a Rádio Pontal foi à única da cidade ate o momento de enviar as documentações necessárias, e que a Rádio Rainha FM não enviou e falou que não sabe o porquê, e disse que foi feito muito barulho por parte do seu radialista e que a documentação da Rainha FM não foi enviada a Câmara; disse que essa foi à última sessão ordinária antes do recesso, e informou que por isso haverá Sessão Extraordinária na quinta-feira para serem discutidos e votados os projetos de Lei 68 e 69/2010; agradeceu a presença de todos, e nada mais havendo a tratar, o senhor presidente encerrou a presente sessão ordinária.

Destaque pela aprovação do projeto de lei 066/2010 que denomina “Armando Valentim Chiamulera” a Biblioteca Cidadã; outro destaque positivo é o credenciamento da Radio Pontal para transmitir as Sessões Ordinárias e Extraordinárias ao vivo e na integra, muitos cidadãos novalondrinenses não tem internet e não podem se deslocar se sua residência até a Câmara, com a transmissão ao vivo ajudará bastante nesse aspecto; Quinta-feira dia 01 de julho de 2010 às 17h00min haverá Sessão Extraordinária na Câmara Municipal, compareçam!

Por: Ivo Monteiro de Araújo Júnior-Estudante do 2º ano do Colégio Pequeno Príncipe; Presidente das comissões de Relações Públicas do Interact Club de Nova Londrina; Gestão 2010/2011.

4 Comentários:

Às 29/6/10 6:13 PM , Blogger Cássio Augusto disse...

Fico muito feliz em ver que a Rádio Pontal transmitirá ao vivo e na íntegra as reuniões da Câmara! Sonho antigo de vereadores, emissora e população!

Qto à Biblioteca cidadã, insisto que seria mais interessante homenagear um educador!

Por fim, mas demissões de cargos de confiança na Prefeitura Municipal.

 
Às 29/6/10 8:46 PM , Blogger caco disse...

E ai RICARDO, como disse o vereador NELSON, faltou envio de documentação para que a rainha transmita também as sessões da câmara, e que tudo não passa de muito barulho de tua parte.

NADA CONTRA A FAMILIA CHIAMULERA, MAS BIBLIOTÉCA PUBLICA É SINÕNIMO DE EDUCAÇÃO, E NADA MELHOR DO QUE HOMENAGEAR UM EDUCADOR. PAULO FREIRE, ANIZIO TEIXEIRA,E TANTOS OUTROS, CHEGA DE DEMAGOGIA.

 
Às 29/6/10 9:15 PM , Blogger Cássio Augusto disse...

Um educador novalondrinense seria interessante, mas, pelo que vi, a coisa já está decidida pelos nossos nobres representantes!!!

 
Às 30/6/10 8:34 AM , Blogger Ricardo Ronda disse...

Caro Caco, meu ofício para adelenda Câmara é de 15 de março, não de junho. Se realmente a Câmara tivesse interesse em que a Rainha transmitisse, não teriam demorado quatro meses para requerer a documentação. Não sou palhaço de ninguém... Mas, como coloquei no ar ontem, longa vida à Pontal e sua trnsmissão! O que importa para mim é que através da minha insistência a Câmara foi obrigada a abrir as transmissões, o resto, quanto à quem vai fazê-lo, pouco importa, desde que seja feito. Se nada mais fiz neste ano de rádio, só isso, para mim, já seria suficiente. Luz, mais Luz!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats