06 junho 2010

Como ser um “classe média” - 026

Percorrer o caminho de Santiago de Compostela:

O sonho dourado da Classe Média é percorrer o Caminho de Santiago de Compostela. Para se tornar um membro da Classe, entretanto, basta dizer que tem vontade. Os que chegam a cumprir o ritual somam um percentual bem reduzido do rebanho médio-classista. A estes, cabe a coroa de médio-classista-ultra-praticante, ou seja, são os "bitolados" em médio-classismo, os "militantes", aqueles que votam de olhos fechados no DEM e no PSDB, fazem parte do movimento "Cansei", acham um absurdo a prisão da dona da Daslu, consideram Roberto Justus e Bill Clinton como ídolos, etc. Calma: para ser médio-classista, não é necessário tanto ainda no início. Uma coisa de cada vez. Basta dizer para todos que este é seu sonho.

O tal caminho de Santiago consiste na junção de vários comportamentos e ações que compõem o modo de vida do ser da classe. Ele é composto de: 1) viagem à Europa; 2) falso misticismo para tentar impressionar as pessoas; 3) dois pés no Catolicismo; 4) fincar dois pés no Catolicismo e ao mesmo tempo não se comprometer com a doutrina; 5) poder contar à todos sobre "privação" e "sofrimento" sem ter passado por isso... e muitas outras.

Na verdade, o que conta mesmo é mostrar aos outros que você tem cultura suficiente para querer isto, e também o anseio de uma "elevação espiritual". Com isso, você mostrará ao seu interlocutor que tem bens e grana. Você já viu pobre se preocupando com "elevação espiritual"? Isso é pra quem tem dinheiro!

Agora, se você chegar ao nível máximo de médio-classista e realmente for à tal caminhada, nunca se esqueça: encha a sacola de todo tipo de souvenier que encontrar por lá!

Fonte: http://classemediawayoflife.blogspot.com/

1 Comentários:

Às 8/6/10 11:45 AM , Blogger Eduardo disse...

Pseudo-intelectuais que leram o Diário de um Mago, do Paulo Coelho, não compreenderam nada (pior, acham que este é literatura de qualidade). Mas sentem que por algum motivo tem que percorrer Compostela!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats