18 abril 2010

Como ser um “classe média” – 019

Dizer que gosta de comida japonesa:

Para ser da Classe Média, você precisa ser chique. E não há nada mais chique, gastronomicamente (que chique!) falando, que se dizer apreciador de comida japonesa.

A comida japonesa é, do ponto de vista da história, um meio que o povo japonês encontrou para não morrer de fome. Por causa dos poucos recursos que os ancestrais dos olhos puxados dispunham, não era possível criar gado, nem dispor de grandes plantações.

Vivendo num arquipélago castigado por invernos terríveis, terremotos e pouquíssima área cultivável (toda ocupada com arroz), os japas foram obrigados a recorrer à única coisa que eles têm muito: mar. Tirando os peixes, todo o resto da sua culinária se resume a arroz e algumas ervas. E, note-se, nem um foguinho os caras conseguiam fazer à vezes, pois o peixe é comido cru. Faltavam até gravetos?

Enfim, hoje em dia, a comida japonesa é considerada um luxo. Talvez porque os pobres não gostam. Seja lá qual for a explicação, se você quer ser da Classe Média, aprenda uns quatro nomes de iguarias japonesas, escolha uma para ser a sua predileta, e mande ver nas rodas de amigos. Só há um porém: haverá ocasiões em que você deverá, realmente, comer isso. Para tanto, recomendo ter sempre uns bifes no freezer, para você se servir antes ou depois de sair de casa para esse tipo de compromisso.

Fonte: http://classemediawayoflife.blogspot.com/

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats