31 março 2010

Kátia Abreu será a vice de Serra?

Nos bastidores da política, comenta-se que a senadora Kátia Abreu, do DEMOcratas-TO poderá ser a candidata a vice na chapa liderada por José Serra PSDB-SP à Presidência da República, no lugar do nome então cotado pelo DEMOcratas, o ex-governador e atual presidiário José Roberto Arruda. Abaixo, um pouco do perfil da senadora:

KÁTIA ABREU / Senadora (DEM-TO) / Suplente na CPMI

• Formada em psicologia.

• Presidente da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), eleita em 2008 para três anos de mandato. Foi presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Tocantins (1995-2005).

• Dona de duas fazendas improdutivas que concentram 2.500 hectares de terras.

• Apresentou 23 projetos no Senado e apenas três foram aprovados, mas considerados sem relevância para o desenvolvimento do país.

• Torrou 60% das verbas do seu gabinete com propaganda (R$ 155.307,37)

• É alvo de ação civil do Ministério Público na Justiça de Tocantins por descumprir o Código Florestal, desrespeitar povos indígenas e violar a Constituição

• Integrante de quadrilha que tomou 105 mil hectares de 80 famílias de camponeses no município de Campos Lindos (TO). Ela e o irmão receberam 2,4 mil hectares com o golpe contra camponeses, em que pagaram menos de R$ 8 por hectare.

• Documentos internos da CNA apontam que a entidade bancou ilegalmente despesas da sua campanha ao Senado. A confederação pagou R$ 650 mil à agência de publicidade da campanha de Kátia Abreu.

30 março 2010

Reunião da Câmara Municipal:

A reunião da Câmara Municipal de segunda- feira dia 29 de março de 2010, começou às 20:00 horas, para um público presente de 17 cidadãos, e a presença de todos os vereadores.

Nos trabalhos teve apenas a apreciação de 4 projetos de lei e de 1 requerimento.

Projeto de lei 18/2010-Ampliação da Capela Mortuaria, próximo ao Cemitério Municipal(o projeto se encontrava nas comissões,e com os pareceres favoráveis, se encontrava pronto para ser apreciado pela Casa de Leis).
Projeto de lei 19/2010-Arrecadação de imóveis abandonados, e dá outras providências.
Projeto de lei 20/2010- autoriza o poder executivo de fazer abertura de crédito adicional suplementar no orçamento do município de Nova Londrina no valor de $115.750,00.
Projeto de lei 21/2010-Autoriza o poder executivo de fazer abertura de crédito especial suplementar no orçamento do municipio e dá outras providências.

Destaquei um requerimento e um oficio:

Requerimento 09/2010-Requer ao Prefeito Municipal,a construção de banheiros,e sala de atendimento,na Capela Nossa Senhora de Fátima(180 casas).
Oficio 01/2010 - A Fecularia Lopes,solicita a instalação de placas de entrada e saída de caminhões leves e pesados, e lombadas nos arredores da fecularia, assim para evitar eventuais acidentes.

O Presidente Nelson da Costa encaminhou os Projetos de Lei 019/2010, 020/2010 e 021/2010, para as Comissões analisarem.

Vereador Mário falou sobre o Projeto de Lei 018/2010, disse que na época que foi construída, e é de conhecimento de todos, que a mesma ficou muito pequena, e não é utilizada, disse que já vinha lutando junto com os demais companheiros, por essa ampliação, e a administração anterior não os atendeu, mas nessa administração foram atendidos, comentou que foi feita a venda de um terreno do município, onde foi aprovado essa mesma venda nessa casa, e com esse dinheiro vai ser usado para essa ampliação (Estava avaliado em 20 mil, e foi vendido por 40 mil reais) também falou que a Capela será um local adequado para cadeirantes. Falou sobre o requerimento 09/2010,disse que é um requerimento de muita importância para as pessoas daquela região, que com a construção de banheiros, e a sala de atendimentos, os mesmos poderão ter um maior conforto, agradeceu a presença de todos e encerrou

Na discussão do projeto de lei 018/2010- O Vereador Alvaro disse que tem observado atentamente o projeto, e que de inicio achou o valor da obra muito elevado, mas com as informações que tinha recebido, que as funerárias também iriam ajudar, ficou mais tranqüilo, falou que essa obra é de muita importância, disse que a ampliação se faz necessária, mas mesmo assim as pessoas preferem um local mais no centro da cidade, e falou que com certeza é a favor do projeto de lei.

Vereador Otávio disse que o projeto é de muita importância, pois Nova Londrina precisa de um local oficial para a realização de velórios, falou que seria muito bom, que nessa Capela existisse espaço para a realização de ate 2 velórios no mesmo tempo, disse que nesse local haverá banheiros que poderão não ser somente utilizados em dia de velórios, bem como também em dia de finados, fez algumas ponderações e encerrou.

Vereador Raimundo disse que esteve no Paço Municipal, debatendo com o Prefeito Dornelis, sobre o esse projeto, falou que nesse local haverá um embelezamento nessa área, e que vai sobrar bem pouco para a Prefeitura pagar, pois com os 40 mil reais da venda do terreno, e com 15 mil das funerárias, não haverá muitos gastos.

Vereador Cláudio disse que quando essa Capela foi construída em 1999, que até então estava Prefeito o Sr.João Fernandes de Almeida, e com o seu falecimento em seguida assumiu o seu vice, que o mesmo cancelou a compra de um caminhão no valor de 50 mil reais, e assim dividiu a verba para a construção da capela e para a construção do portal da cidade assim respectivamente, e o mesmo disse que não sabe o porque da Capela ter sido construída dessa forma tão pequena, falou ser favorável, fez algumas ponderações e encerrou.

Na discussão do requerimento 09/2010- O Vereador Otávio disse que esteve visitando essa Capela, disse que se faz necessária a construção dos banheiros e sala de atendimento, pois nesse local há um grande número de visitas, e assim estará podendo melhor atender as pessoas dessa região, parabenizou o Vereador Mário (um dos autores do requerimento) e também lembrou da luta dos vereadores: Mário, Raimundo, Nelson e Profº Roberto,que na gestão anterior, reinvindicaram para a administração colocar um forro nesse local, e os mesmos conseguiram.

Vereador Raimundo disse que o requerimento é de muita importância, falou que seria viável uma nova capela, mas que era a favor do requerimento.

Vereador Álvaro parabenizou os autores do requerimento, disse que o mesmo é de muita importância para a comunidade, falou que pensa igual os demais vereadores, que acha que seria mais viável uma nova Capela, mas falou que com certeza ser favorável ao requerimento.

Claúdio disse que já foi procurado, por moradores desse bairro, para a ampliação dessa Capela, e falou ser favorável ao requerimento.

Ninguém mais se manifestando, o Senhor Presidente colocou o requerimento em votação, e o mesmo foi aprovado por unanimidade de votos.

Depois nas considerações finais, o Vereador Otávio disse que na reunião do dia 16, foi debatido na casa, sobre os salários dos professores (adequação), e falou que até o momento não recebeu nenhuma resposta do Secretário de Finanças, pediu que se enviasse ofício para que o mesmo, se fizesse presente na próxima reunião, falou também que passou na localidade do campo do Conjunto Habitacional Saulo Salum, e observou que a grama do mesmo se encontrava alta, pediu que se enviasse ofício para que se faça a limpeza devida nesse local, também pediu que se enviasse oficio ao Secretário de Viação e Obras Públicas, para com a iluminação do terminal rodoviário, agradeceu a presença de todos e encerrou.

Vereador Mário pediu que se enviasse ofício ao Secretário de Viação e Obras Públicas, para que o mesmo faça a reforma do redutor de velocidade, na Avenida Antônio Ormeneze, próximo ao terminal rodoviário, pois o mesmo é muito baixo e caminhões passam em alta velocidade naquela localidade, podendo assim acontecer algum acidente, pediu também que se enviasse ofício a APAE, que fez 25 anos de história em nossa cidade, agradeceu a presença de todos e encerrou.

Vereador Álvaro cumprimentou os presentes, disse que se inscreveu para pedir que se enviasse ofício, ao executivo e ao Secretário de Viação e Obras Públicas, para com a pintura das faixas de pedestres nas avenidas principais, pois as mesmas se encontram apagadas, e disse que a pintura se faz necessária, pediu também que se enviasse ofício de condolências ao Sr. Jair Boito e de toda a sua família. Falou que a presença do Prefeito na reunião se faz necessária, para o mesmo dar explicações sobre as folhas de pagamentos dos servidores e pagamentos de fornecedores, fez algumas ponderações, agradeceu a presença de todos e encerrou.

Vereador Raimundo disse que faz coro com o Vereador Otávio, sobre a adequadação dos salários dos professores da Educação Infantil, disse que a presença do Secretário de Finanças de faz necessária, para o mesmo dar explicações, também falou que um empresário, visitou o gabinete do Prefeito, e o mesmo tem o interesse de implantar aqui uma fábrica de torneiras, que de início vai oferecer 70 empregos, diz que há muitas coisas positivas a acontecer na nossa cidade nos próximos dias, fez algumas ponderações, agradeceu a presença de todos e encerrou.

Vereador Cláudio disse que se inscreveu, para falar que amanhã (30.03) vai ser feita a limpeza do campo do Conjunto Habitacional Saulo Salum, também falou que o encarregado do DER, visitou a lombada da Avenida Antônio Ormeneze, e o mesmo falou que o DER vai fazer a reforma dessa lombada, fez algumas ponderações e encerrou.

Vereador Tiago disse que se inscreveu para dar as boas vindas ao Frei César, fez algumas ponderações, agradeceu a presença de todos e encerrou.

Depois o Senhor Presidente, deixou a palavra aberta ao Frei César, e o mesmo disse que vê que os edis Vereadores, estão empenhados nos trabalhos para o progresso da cidade, disse que chegou a cidade para ser mais um “tijolo”para a construção do progresso de Nova Londrina, fez algumas ponderações e encerrou.

O Presidente Nelson, pediu ao Secretário para enviar os ofícios, dos vereadores Otávio, Álvaro e Mário no modo se suas palavras. O presidente também lembrou que foi aprovado em 2005 nessa casa de leis, o projeto de lei que proíbe a realização de velórios na Câmara Municipal, mas por falta de local apropriado, os velórios voltaram a ser realizados na Câmara, mas que com o término da construção da Capela Mortuária, haverá a solução desse problema, também falou que o engenheiro que fizer a construção dessa Capela, faça um local apropriado, uma adequação para os cadeirantes, assim para os mesmos terem um melhor acesso.

Agradeceu a presença de todos, e nada mais havendo a tratar, o Senhor Presidente encerrou a presente Sessão Ordinária.

Destaque pelo Presidente Nelson, enviar os projetos de lei 019/2010,020/2010 e 021/2010, para as Comissões analisarem.
Destaque também pela aprovação do projeto de lei 018/2010 sobre a ampliação da Capela Mortuária.

Por: Ivo Monteiro de Araújo Júnior - Estudante do 2º ano do Colégio Pequeno Príncipe

Espaço Jovem:

Todas as Quartas-Feiras vai ao Ar o Programa Espaço Jovem, na Radio Rainha FM 104.9 as 14:00 horas!

O Programa Espaço Jovem é especialmente voltado para os jovens, tratando de assuntos da atualidade e vestibulares, músicas, notícias, vestibulares, Internet, eventos, tudo o que você precisa saber está aqui!

Com a apresentação das Alunas do 2º Ano do Ensino Médio do Colégio Santo Agostinho: Emilly Izá, Kahena Chiamulera, Letícia Paiva e Marjorye Morgana !

Não Percam!

O Programa vai ao ar uma vez na semana, e dura meia hora.

Qualquer dúvida, sugestões ou críticas, entre em contato pelo nosso e-mail espacojovem_104.9@hotmail.com e pelo nosso site: www.espacojovemfm.webnode.com.br, ou entre em contato conosco ao vivo, pelo telefone: 3432-2726.

Peça sua musica, tire duvidas, nos dê sugestões ou faça criticas.

Espaço jovem: “O seu momento é agora”

29 março 2010

Interact Club de Nova Londrina – PR:

O Interact é um programa do Rotary que consiste em clubes de prestação de serviços para jovens entre 14 e 18 anos. Embora sejam patrocinados por Rotary Clubs que os orientam e apóiam, o Interact Club é completamente autônomo.

Os projetos de prestação de serviços são parte fundamental dos Interact Clubs. Por intermédio das atividades de prestação de serviços, os interactianos aprendem a importância de:

_ Desenvolver qualidades de liderança e integridade pessoal;
_ Prestar auxílio e respeitar o próximo;
_ Compreender o valor da responsabilidade individual e dedicação ao trabalho;
_ Promover a compreensão e boa vontade internacional.

O Interact é um dos programas mais bem-sucedidos do Rotary, um verdadeiro fenômeno com mais de 10.700 clubes em 109 países e regiões geográficas, e quase 200.000 sócios!

Somos jovens e ativos, juntos fazemos parte de uma grande família chamada: Rotary.

Criamos projetos para ajudar a comunidade novalondrinense, somos prestativos e capazes de ajudar a melhora do mundo.

Membros do IC em Nova Londrina:

Presidente: Yana Slaviero Augusto;
Vice-Presidente: Lisyan Waleska Mazzotti;
Secretária: Chiara Leal Alves;
Protocolo: Hélio César de Souza Júnior;
Tesoureira: Karolinne Lima Nasciemnto;
Kahena Eloise Chiamulera;
Ivo Monteiro de Araújo Júnior;
Marjorye Morgana de Oliveira;
Maria Gabriela Gehring.

As nossas reuniões são realizadas todas as terças-feiras às 19:00, na Casa da Amizade, na cidade de Nova Londrina, estado do Paraná.

Venham para o Interact! Sejam Bem-Vindos.

“Se todos dermos às mãos, quem sacará as armas?” – Bob Marley

Por: Ivo Monteiro de Araújo Júnior - Estudante do 2º ano - Colégio Pequeno Príncipe.

28 março 2010

Como se um “classe média” – 016

Consumir pirataria:

Quem não é da Classe Média e a vê pelo lado de fora, fica a imaginar quanto dinheiro é gasto por essas pessoas para ostentar tanta grife, tantas marcas famosas, tantos aparelhos eletrônicos dos melhores fabricantes. Ao ingressar na Classe, você deverá aprender os métodos pelos quais os médio-classistas conseguem manter esta imagem e, de quebra, guardar um dinheiro debaixo do colchão (de marca).

Para ser um membro genuíno da Classe Média, é necessário aprender a correta postura frente à questão da pirataria, postura essa que é dividida em duas frentes de ação: o discurso, e a prática. No discurso, você deve ser enfático e conclusivo ao dizer que pirataria é crime e é errado. E a prática deve servir como complemento: assim que seu interlocutor for embora, corra para o primeiro shopping popular.

De todos os itens que formam o conjunto de bens de consumo do médio-classista padrão, da sala à área de serviço, da porta de entrada à porta dos fundos, 40 a 80% correspondem a pirtaria. E os itens pirateados se concentram em maior número no vestuário e acessórios, e nos eletrônicos e audiovisual. Portanto, não tenha medo, pode comprar aquele DVD igualzinho o de verdade, aquela camisa, o boné e o tênis. E as mulheres, que não se acanhem em levar as bolsas, roupas, bijuterias. É muito difícil identificar a falsificação, até porque existem maneiras de dificultar esse reconhecimento. Por exemplo: aprenda a gesticular e mexer muito com o braço esquerdo, que ninguém conseguirá descobrir que seu relógio não é exatamente aquele famoso.

Todavia, se você, caro aprendiz, ainda está receoso de que alguém te descubra passeando por uma 25 de março da vida, nada tema: quem souber que você esteve lá, é porque esteve lá também. E não tem jeito de essa pessoa te entregar pra sociedade sem se expor, pois saberão que o cagüeta também esteve lá. Logo, seu segredo estará bem guardado, mesmo que não estivesse, que atire a primeira pedra o médio-classista que não tem nada pirata em casa.

Fonte: http://classemediawayoflife.blogspot.com/

27 março 2010

E as “outras Isabellas”?

Agora que já temos a sentença do “Caso Isabella Nardoni”, quero reproduzir neste Blog o texto que fiz em 21/04/2008 sobre o tema.

E as “outras Isabellas”?

Sinceramente, já estou mais que cansado de ver o “caso Isabella” todos os dias e em todos os telejornais do país. Não se fala em outra coisa, e o pior, fica-se repetindo informações, especulando possibilidades. É a exploração econômica da tragédia. Links ao vivo, entrevistas exclusivas, acesso exclusivo a laudos e depoimentos e etc...

É claro que foi um caso chocante. Eu também tenho coração e fiquei pasmo com o acontecido. Mas e as “outras Isabellas” do Brasil? Na mesma semana deste caso uma criança foi jogada de um apartamento no nordeste. Mas por que não foi notícia? E as nossas crianças violentadas todas as noites nas periferias ou ruas da nossa cidade? E as meninas de treze anos que vendem sua pureza por alguns trocados? E as crianças de rua? Os menores abandonados? Os explorados em carvoarias? Etc...

A violência só choca a classe média quando a violência é contra a classe média. Como diz no filme Hotel Ruanda, “eles vão ver a notícia na TV, ficarão chocados e voltarão a jantar!”. HIPOCRISIA. Não existe “clamor público”, este é construído quando interessa. Ninguém mais lembra da dengue no Rio, dos cartões corporativos, dos iraquianos mortos, dos tibetanos humilhados, dos palestinos dominados e etc... Crianças mortas brutalmente tem todo dia, mas como a Isabella é branquinha, bonitinha, é filha da classe média, seu pai é “bem de vida” e etc, logo isso choca alguns, que aproveitam e fazem chocar a todos os outros.

Aliás, relembrando outros casos de “clamor público”, quando a morte do João Hélio a imprensa pediu mais rigor do direito penal para com os adolescentes. Seria a solução. Quando a morte da Daniela Peres pediram a Lei dos Crimes Hediondos. Seria a solução. E agora, não ví ninguém ainda pedindo o fim da “cela especial”, afinal de contas, o suspeito (Pai) tem curso superior, Direito. Mas não, afinal, a lei tem que ser dura com pobre e não com a classe média, aliás, a classe que faz as leis.

Olha, vou parar por aqui. Isso tudo está me irritando demais. Minha comoção para com a pequena Isabella está virando desprezo. Não por culpa dela, mas pelo sensacionalismo na nossa imprensa “chapa branca”, oportunista, golpista e etc...

Fonte: http://cassionl.blogspot.com/2008_04_01_archive.html

25 março 2010

Desconfie:

“A mão que afaga é a mesma que apedreja”
(Augusto dos Anjos)

Não se deixe levar pelas aparências, fique atento, pois, sinceridade e falsidade, amor e ódio podem habitar o mesmo coração.

Lembremo-nos da sabedoria popular: “Por fora bela viola, por dentro pão bolorento”.
Questione supostas verdades, até mesmo as ditas imutáveis e absolutas. Tenhais cautela, pois o palco da vida está repleto de artistas mascarados e atores multifaces.

Atentai-vos, não são poucos os que agem de má fé... Lembre-se, não há preço que pague o valor de tua consciência, portanto, não deixe que o usurpador se aposse dela.

Não se conhece o coração alheio. Desta forma, seja coerente, num mundo sistematizado, onde tudo gira em torno do dinheiro, ninguém jogará ao vento seu capital. Por isso, desconfie.

Preste atenção, “Urubu não acompanha colibri”. Vá ter com o santo, mesmo misericordioso e coberto de bondade, ele desconfia quando a esmola chega em demasia, isto é cautela de santo, espelhemo-nos nela.

Não sejamos loucos, o homem prudente tira lições dos próprios erros, porém o tolo, nem se quer os observa. Entre um e outro, seja igual ao primeiro.

Não menospreze a capacidade alheia, jamais duvide da inteligência adversa. O lobo se reveste de ovelha no intuito de devorá-la.

A questão entre colher o bom ou o mau fruto implica na observação da semente que plantamos, quem planta flores colhe flores, quem semeia carrapichos, fatalmente os colherá.

Sejamos igual ao lince, em sua visão aguçada enxerga longe detalhes que teimam em passar despercebidos.

Não se deixe cair no conto da embalagem, que propositalmente bem trabalhada, não externa os defeitos da mercadoria a qual embrulha.

Atentai-vos,
Atentai-vos,

“Nem tudo que reluz é ouro”.

Por: Mateus Brandão de Souza, graduado em História pela FAFIPA.

24 março 2010

Mídia e eleições 2010:

Temos observado que alguns jornais escritos e televisivos, revistas semanais têm dado enfoque nas questões políticas para não informar a verdade e criar motivos distorcidos para uma análise a respeito da conjuntura do país.

O que se nota é uma tentativa de criar notícias para desinformar e confundir a população em geral.

É preciso ter o cuidado em percebermos os interesses desses veículos de comunicação que deveriam estar comprometidos com um jornalismo sério e que fossem imparciais diante dos fatos do dia a dia.

Há uma situação que remete a uma campanha de eleição que se fez de tudo para que a esquerda não chegasse ao poder; comecem a entender que esse processo de destruição dos avanços sociais e econômicos do atual governo federal tem foco em grandes redes de telecomunicação. Por que será?

Então, nosso dever é alertar as pessoas que tenham condições em perceber o que está em jogo nessas próximas eleições no plano federal, estadual.Será que queremos um governo que amplie as conquistas sociais e econômicas para todos ou se queremos um governo que beneficie classes de alto poder aquisitivo, em que poucos tenham privilégios, aumentado a desigualdade social?

Por: Prof. Roberto Tsunokawa: Graduado em Farmácia e Letras pela UFSM; especialização em Psicopedagogia; professor de Língua Portuguesa da rede pública do Paraná; vereador na legislatura 2005-2008; candidato a prefeito nas eleições municipais de 2008.

23 março 2010

A Crise da imprensa é Ética:

Chovem os artigos na imprensa internacional sobre a crise da imprensa, enquanto crescente número de jornais fecham, despedem jornalistas, diminuem suas tiragens. Os diagnósticos, ao serem feitos, em grande medida por pessoal ligado a essa imprensa, não consegue sair do rame-rame usual: a difusão da Internet grátis, dos jornais grátis, etc., etc., seriam os responsáveis. Será?

(...)

Na realidade, a crise da imprensa é a da perda da credibilidade – é uma crise ética, de sua transformação em um instrumento de publicidade – do ponto de vista econômico, e da sua constituição em mentor político e ideológico da direita. Os dados, publicados recentemente, demonstram como todos os grandes jornais brasileiros perdem leitores, mas sobretudo perdem influência.

Por: Emir Sader – Revista Caros Amigos de março/2010

21 março 2010

Como ser um “classe média” – 015

Ser contra o Bolsa Família

Um dos grandes absurdos deste país, para a Classe Média, é essa história de o Governo Federal ajudar pobre. Você, aspirante a médio-classista, precisa aprender a se revoltar contra isso.

Para os integrantes da classe, está sendo cometida uma grande injustiça. Por que, afinal, só alguns podem receber benefícios, enquanto ninguém ajuda quem quer pagar a prestação do carro, o colégio das crianças e as aulas de tênis? Só um país injusto como o Brasil, com o presidente que tem, seria capaz de algo assim.

Logo, o indicado é você pensar que o Lula está querendo ajudar a turminha dele (os pobres do País) e excluindo você das benesses do Estado. Então, reclame que em tudo o que acontece no Brasil, quem paga é a Classe Média. Porque os pobres são assim porque são preguiçosos. Não gostam de trabalhar. E recebendo R$80 todo mês do Governo, aí que não vão trabalhar mesmo! Eles que aprendam com você, trabalhador incansável, se um dia quiserem ter um carro zero igual ao seu!

Depois de aprender a se indignar, passe a defender, entre rodadas de uísque com os amigos, ou nas comunidades de gente "selecionada" na internet, coisas como a criação da Bolsa-Classe-Média, para garantir que o absurdo que você paga de imposto volte pra você, na forma de aulas de balé para a filha, equitação para o filho e um auxílio-guarda-roupa para sua digníssima esposa. Afinal, você já trabalha demais. E esses pobres que cortem mais cana!

Fonte: http://classemediawayoflife.blogspot.com/

18 março 2010

A realidade é esta:

Pertencemos à camada mais populosa da sociedade, onde a verdade se externa nua e crua, onde as dificuldades estão presentes e a palavra NÃO nos acompanha constantemente.

Aqui o buraco é mais embaixo, caminhamos lado a lado com a injustiça. E as conquistas quando as temos, chega através de muita capacidade pessoal, muito equilíbrio e força para se levantar das puxadas de tapete, os triunfos se os temos, vem com muito peito e muita raça.

Nos desdobramos dia após dia para driblamos a forte zaga do sistema excludente, somos oprimidos, escravizados. Somos matéria prima, mão-de-obra barata para o benefício de uma outra camada abastada e deleitosa.

Somos a parte da sociedade onde existe um povo guerreiro, onde estão os verdadeiros heróis, onde com sol, chuva e vento, pessoas escrevem a sua existência. Existência esta, que poderia ser muito mais longeva e qualitativa, não fosse a falta de dignidade que nos mata a míngua sem nos assistir com a justiça a qual merecemos.

Aqui não nos rasgam sedas, não vivemos rodeados por bajuladores. Ai daqueles que aqui estão se por ventura mostrar-se insatisfeitos. Não nos é dado o direito á resistência, somos treinados a pacificação, somos adestrados a aceitarmos tudo em perfeita ordem, pois desde a nossa mais terna idade, estamos cientes que devemos ser ordeiros, pois a ordem é quem garante o progresso daqueles que estão onde não estamos.

Somos os excluídos dos excludentes. Não está para nós a parte boa do bolo, não desfrutamos das regalias que deliciam a poucos, somos peças, somos a plebe, somos o combustível que movimenta toda a máquina fazedora de riqueza.

Aqui, muitos bons médicos não serão médicos, muitos mestres, não serão mestres, muitos grandes profissionais não o serão, tudo pela falta de oportunidade, tudo pelo sistema cruel que nos cala e que enterra bons e verdadeiros talentos.

A verdade nauseabunda, revoltante e deprimente é esta: Foi assim com nossos antepassados, assim nós somos e assim serão nossos filhos, netos e toda geração futura. Estamos todos aprisionados, fadados ao fracasso de um beco sem saída.

Teremos uma esperança?

Talvez, talvez um dia apareça uma nova realidade, um novo sistema miraculoso que nos tire da lama a qual estamos atolados e que faça cair por terra toda realidade opressora, mas isto são apenas esperanças e esta parte da sociedade a qual nós estamos incluídos, a muito se alimenta de esperanças vãs. Até lá o povo continuará escrevendo sua sobrevivência, munidos de muita fé e muito sonho, horas acreditando no impossível e desta forma tirando forças para continuar existindo, assim é e assim será, desde que o mundo é mundo.

Por Mateus Brandão de Souza, graduado em história pela FAFIPA e sobrevivente.

Imprensa e direitos democráticos:


A maior parte da imprensa brasileira apoiou a derrubada do governo constitucional de João Goulart e o golpe civil-militar de 1964. A maior parte, também, paulatinamente, na medida em que o movimento social aumentou a pressão, engrossou as fileiras do processo de abertura democrática, em defesa das liberdades de expressão, de manifestação, estudantil, sindical e partidária. Entre 1978 e 1985, vários veículos abriram espaço para as campanhas da anistia e das eleições diretas. A imprensa empresarial-burguesa atuou com força na Constituinte e na primeira campanha eleitoral para a Presidência da República após a ditadura. Por isso mesmo representa um grande retrocesso político-editorial entre os setores liberais e conservadores a reação ultradireitista contra o 3º Programa Nacional de Direitos Humanos. A nação precisa conhecer toda a verdade sobre a tortura, o assassinato e o desaparecimento dos perseguidos políticos da ditadura, assim como o Judiciário tem o dever de julgar os crimes de lesa-humanidade. O Brasil não pode seguir adiante, com dignidade, sem o completo esclarecimento daquele terrível período.

Por: Hamilton Octávio de Souza – Revista Caros Amigos – Fevereiro de 2010.

17 março 2010

Os Pré-conceitos:

Primeiro, preciso pedir desculpas pelos dias sem atualização deste Blog. Acontece que, no ultimo domingo, fui agraciado com a queima do meu modem por um raio que caiu nas proximidades de minha residência. Mas como a Fênix, renasce das cinzas.

Queria deixar aqui neste texto uma pequena reflexão acerca dos pré-conceitos contidos em nossa sociedade. Esta semana, me senti ofendido em uma palestra. Depois de uma excelente exposição acerca os malefícios do uso de drogas, o palestrante contou um pouco de sua experiência. Dizia ele que usou drogas dos dez ao dezenove anos, e que quando tomou a firme decisão de não mais se drogas, sua primeira atitude foi cortar o cabelo, e repetiu isso umas quatro vezes ao longo da palestra.

Ora, para ser sério, trabalhador, não usar drogas, etc é imprescindível te cabelo curto? Tenho cabelo comprido, mais especificamente, dreadlocks (associado ao uso da canablis), mas não uso drogas ilícitas, e nem nunca usei, sou sério quando necessário, faço mestrado na UEM e trabalho.

13 março 2010

Aforismos:

"Um jornalista é um homem que sabe explicar aos outros o que ele próprio não entende"

Otto Maria Carpeaux

12 março 2010

Ronda:

A ‘Menina dos Rios’ passada à limpo!

FORA DO AR. Escândalo da Rádio local leva muita gente a depor na Federal.
E AGORA? Comerciantes idôneos pagando este mico...
ATÉ TÚ... Funcionários públicos perdendo dias de trabalho...
ESSE PAULO... Bomba de efeito retardado deixada por Paulo de Paula.
TÔ EM TODAS! Dizem que até meu nome andou pelos papéis da PF, por conta de minha ‘demissão’ da Prefeitura, os disparos em minha casa, etc...
QUE PERIGO! Ainda bem que não me convocaram...
TÔ FORA! Ao menos um dos cotados do Aquário para 2012 já me garantiu que não vai para a disputa.
IDEM! Igualmente um dos mais fortes nomes da oposição.
BURACO NEGRO. Ué, ninguém quer encarar?
ALÔ POLÍCIA! E os roubos? Descobriu-se por fim quem são os verdadeiros ladrões?
PROFETA. Nada como um dia depois do outro...
SALDO. 28 meses para o Fim dos Dias.
SOM. Roda Viva, do Chico Buarque.
BOOK. Daniel, da Bíbllia.
QUEREM MAIS? www.radiorainhafm.com.br aqui, ou 104.9 lá, todo dia ao meio dia...

Ricardo Drummond de Macedo não anda procurando confusão mas também não foge dela quando aparece...

11 março 2010

Comunicado sobre os comentários:

Devido ao uso indevido de algumas pessoas que querem apenas tumultuar o ambiente e jogar este Blog contra a administração pública e outras pessoas, a partir de agora, só serão aceitos comentários de pessoas registradas no google. Em outras palavras, para comentar, será pedida a sua conta de e-mail que você utiliza no orkut ou em qualquer outro site da google.

Não gostaria de ter que tomar esta atitude, mas assim facilita para rastrear o IP do comentador e evitar equívocos, constrangimentos e falsas acusações.

10 março 2010

Choramos de barriga cheia?

Somente quem sente na pele o lanho do chicote é quem pode definir a exata sensação de seus golpes.

Os pés de quem palmilhou uma longa e escabrosa estrada é quem conhece as conseqüências da caminhada.

É fácil a quem não vive determinado revés dizer que desgraça pouca é bobagem. Ninguém chora de barriga cheia, não há necessitado que se contente com o pouco. Se a dignidade não existe em abundancia, que ela atenda ao menos nossas necessidades primordiais.

É tarefa vã iludir quem padece, é inútil convencer ao desvalido, ele sabe como ninguém que a situação está caótica e onde o sapato aperta.

É simples dizer que está tudo bem quando não se passa pela dor dos desfavorecidos, ninguém reclama em vão a sua má sorte, aqueles que estão à margem do conforto não falseiam contentamento.

É tolice buscar a quietude dos passageiros de uma nave quando estes sabem que ela está em pane e vêem piloto, co-piloto e toda tripulação perdidos e atônitos sem saber o que fazer.

Quem anda calçado não cuida onde por o pé, mas as pedras do caminho fustigam os pés dos descalços.

Quem está saudável ou medicado, jamais aquietará os anseios do doente, pois na dor não há condições de esperar pacientemente pela melhora.

São revoltados os descontentes?
São mal amados os maldizentes?

Esta visão é comum na ótica dos que vivem na vantagem. Porém revoltar-se ou amaldiçoar ao descaso é no mínimo uma reação justa.

Cada um em sã consciência discerne o que é bom ou ruim para si mesmo e todos em sã consciência não reclamariam se estivessem saciados.

Continuaremos reclamando até que a dignidade deixe de ser fantasias escritas ou faladas e se torne um fato favorável a todos nós.

Oxalá que o bem seja o bem coletivo, que a liberdade abra as suas asas sobre nós e que a igualdade nivele também em vida toda raça humana.

Por Mateus Brandão de Souza – graduado em história pela FAFIPA.

Mais ataques ao Blog:

Diáriamente, este Blog recebe os mais variados tipos de comentários. Há aqueles que são construtivos e debatem o tema proposto no post, bem como alguns que se limitam a apenas fazer acusações vazias e que muitas vezes nem são publicados.

Muitos destes comentários mereceriam posts específicos para dialogar com eles. Infelizmente, meu tempo anda escasso, por conta da correria com os inúmeros textos que preciso ler por conta do Mestrado em História. No entanto, hoje reservei um espaço para repercutir dois comentários postados neste Blog alguns dias atrás.
CENSURADO

Enfim, este Blog tem a cada dia mais, mostrado o quanto tem sido importante para a comunidade de Nova Londrina, e tais comentários corroboram isso. Longa vida ao Blog e que mais colaboradores venham engrossar este time de pessoas que amam e lutam por uma Nova Londrina, Paraná, Brasil e Mundo cada vez melhores, independente de sua opção político-partidária.

Leia também:
Processo contra este Blog I
Processo contra este Blog II

Processo contra este Blog III
EM TEMPO: RECEBI LIGAÇÕES HOJE QUE ME GARANTIRAM QUE TAIS COMENTÁRIOS NÃO VIERAM DAS PESSOAS QUE SUPOSTAMENTE OS ASSINAM. FICAM REGISTRADAS AS MINHAS SINCERAS DESCULPAS AOS MESMOS.
AVISANDO QUE O SEU IP PODE SER RASTREADO E QUE FALSIDADE IDEOLÓGICA É CRIME!

09 março 2010

Reunião da Câmara Municipal:

A reunião da câmara municipal de segunda feira dia 08 de março de 2010 começou às 20h15min para um público presente de 25 cidadãos, e a presença de todos os vereadores. Nos trabalhos teve apenas 2 projetos de lei e de 4 requerimentos.

Projeto de lei-012/10-autoriza o poder executivo de fazer abertura de crédito adicional suplementar no orçamento do município de Nova Londrina no valor de $159.000,00(cento cinqüenta e nove mil reais); Projeto de lei-014/10-autoriza o poder executivo de fazer abertura de crédito adicional suplementar no orçamento do município de Nova Londrina no valor de $116.000,00(cento e dezesseis mil reais). Proposição N.º 051/10 - Suspensão imediata do pagamento de mensalidades a UVEPAR.

Destaquei os requerimentos:

O5/10- Requer ofício para o Deputado Alex Canziani,pedindo verbas para a construção de um laboratório de prótese dentária.

06/10-Requerimento do Senhor Vereador João Carlos Benedito, que requer ao Prefeito Municipal e ao Secretário de viação e Obras Públicas, a implantação de um redutor de velocidade (antes do redutor já existente), próximo ao posto Saara, (excelente requerimento)

07/10-Requerimento dos Vereadores: Raimundo,Albertina,Mário,Otávio,Nelson e Thiago,que requerem ao Prefeito Municipal a reurbanização da Avenida Londrina e Avenida Brasil(excelente requerimento).

08/10-Requer oficio ao Prefeito Municipal, para conceder descontos no IPTU, e criar também o IPTU premiado.

O Presidente Nelson da Costa encaminhou o Projeto de Lei 014/10 para as Comissões analisarem.

O Vereador João Carlos Benedito,falou sobre o requerimento 06/10 de sua autoria,disse da sua importância,pois alguns motoristas passam em cima da calçada para desviarem do redutor,e assim podem ocasionar algum acidente,agradeceu a presença de todos,fez algumas ponderações e encerrou.

Vereador Otávio Grendene,um dos autores do requerimento 08/10,falou da importância desse requerimento,pediu ao Prefeito que faça o desconto no IPTU de 40% nos pagamentos à vista,e que também ganhem descontos de 20% aquelas pessoas que parcelarem as contas do IPTU em 3 ou 4 vezes, e lembrou que existem alguns imóveis que vão sofrer alterações,pois foi feita uma avaliação que a muito tempo não era feita. Ponderou que existe uma cidade que faz uma motivação para aquelas pessoas que pagam seu IPTU em dia, aqueles que pagam em dia o IPTU concorrem a prêmios no final do ano. Disse também sobre o requerimento 07/10, para reurbanização das Avenidas Londrina e Brasil, pediu que se fizesse adequadação dos estacionamentos, iluminação e embelezamento dos canteiros, pediu aprovação e encerrou.

Foi colocada em votação o Projeto 012/10 e a mesmo foi aprovado por unanimidade de votos.

Na discussão e aprovação da proposição da UVEPAR- O Vereador Otávio falou que com a mensalidade da UVEPAR suspensa, o dinheiro que era usado para fazer esse pagamento, poderá ser usado para fazer muitas coisas, pois mensalmente a Câmara paga 450,00 reais.

Na discussão e aprovação do requerimento 06/10-Álvaro parabenizou o Vereador João, e disse que já presenciou nessa localidade motoristas desviarem do redutor de velocidade pela calçada, disse que é favorável ao requerimento.

Vereador Raimundo parabenizou o Vereador João e disse que também já presenciou os motoristas fazendo esse desvio sobre a calçada.

Vereador Tiago parabenizou o Vereador João e disse ser favorável ao requerimento.

Na discussão e aprovação do requerimento 08/10- Vereador Álvaro disse que é de grande importância, pois naquele plenário em outra reunião foi aprovado o aumento do IPTU, e disse que será bom para aquelas pessoas que não tem condições de pagar, e falou que algumas pessoas deixam de pagar não é porque querem, e sim, pois não tem condições financeiras, parabenizou os autores do requerimento e encerrou. Vereadora Roberta disse que há muito tempo não é feita essa avaliação dos imóveis, e que o aumento será justo, da forma apresentada de cada imóvel.

Vereador Tiago disse que a readequadação do IPTU se fazia necessária, e falou que foi criado esse requerimento, pois, a preocupação é que alguns imóveis tenham um aumento muito grande.

Depois nas considerações finais, o Vereador Otávio disse que se lembra se uma reunião passada que foi feito um requerimento, pedindo a programação do semáforo e a implantação de uma placa proibindo os caminhões que desçam na Avenida JK, próximo ao posto da COPAGRA, e que nada foi feito ainda nesse sentido, pediu ao Secretário de viação e Obras que tomasse as devidas providências, pediu ao Presidente que enviasse oficio ao Banco do Brasil que atendeu ao pedido daquela casa, e colocou assentos e atendente no caixa, assim para melhor atender os seus clientes, cumprimentou todas as mulheres que se faziam presentes, fez algumas ponderações e encerrou.

Vereador Álvaro primeiramente pediu ao Presidente que se enviasse oficio para as conselheiras que foram eleitas (da avaliação dos funcionários), disse que foi procurado por algumas educadoras, e as mesmas estavam reivindicando aumento salarial, pois existe uma lei do Senador Cristovão Buarque que dá esse direito a essas professoras da educação infantil, pediu então que se enviasse oficio ao Prefeito Municipal e que o mesmo possa atender a lei, agradeceu a presença de todos, fez algumas ponderações e encerrou.

Vereadora Roberta leu na tribuna uma mensagem para todas as mulheres em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, em nome de toda a casa, agradeceu a presença de todos e encerrou.

Vereador Cláudio disse que se inscreveu para parabenizar todos os requerimentos que foram discutidos e aprovados naquela noite, falou das ruas que vão ser asfaltadas, e também da rua que liga a INCOL, disse que o IAP e todos os órgãos competentes já aprovaram, e que a licitação já vai ser aberta, fez algumas ponderações e encerrou.

Vereador Raimundo parabenizou todas as mulheres, e falou sobre as ruas das 180 casas, disse que as mesmas são as piores da nossa cidade, e que todos sabem que as ruas da nossa cidade estão precárias, também lembrou que o nosso município não obtém bons maquinários, agradeceu a presença de todos e encerrou.

Vereador Tiago disse que as ruas das 180 casas foram beneficiadas e que haverá reformas com recursos próprios do município, fez algumas ponderações e encerrou.

Vereador João parabenizou todas as mulheres, e agradeceu a presença de todos e encerrou

O Presidente Nelson, pediu ao Secretário enviar os ofícios dos vereadores Álvaro e Otávio nos modos de suas palavras, pediu também que se enviasse oficio ao Prefeito Municipal Dornelis José Chiodelli,e ao Secretário da Educação Djaci Perreira Leal para fazerem presentes na próxima reunião,e pediu para enviar mais um oficio ao Prefeito,para que o mesmo tome providências no sentido de instalar 2 ar-condicionado na Casa Lar,os mesmos se encontram lá já algum tempo. Agradeceu a presença de todos, e nada mais havendo a tratar, o Senhor Presidente encerrou a presente Sessão Ordinária.

Destaque pelo Presidente Nelson, enviar o Projeto de Lei 014/10 para serem analisadas pelas comissões, e também cabe destacar o bom público.

A próxima reunião será realizada no dia 16/03 (terça-feira), compareçam, pois temos que usufruir dessa posição que possuímos na política para podermos mudar tudo aquilo que achamos injusto, o voto não é a única forma que o cidadão tem para fazer democracia, depois que elegemos nossos representantes no governo é obrigatório que acompanhemos essas pessoas que escolhemos para governar a nossa cidade.

Por: Ivo Monteiro de Araújo Júnior-Estudante do 2º ano- Colégio Pequeno Príncipe.

08 março 2010

Dia Internacional da Mulher:

Recebi por e-mail e não posso deixar de dar a repercussão necessária e solicitada:

Caro Cassio,

Estive lendo, como de costume, o jornal Diário do Noroeste e vi uma mensagem alusiva às comemorações do Dia Internacional da Mulher, assinada pelo Prefeito Municipal de Paranavaí - Rogério Lorenzetti.

Veja o link:

As primeiras frases da mensagem são as seguintes: "Só quem tem a dádiva de carregar no próprio ventre outras vidas é capaz de ver a alma. só quem dá à luz um novo ser pode iluminar tudo ao seu redor com um simples olhar."

Sou mulher, esposa, profissional e mãe, mas não carreguei em meu ventre outro ser e nem dei à luz uma nova vida. Não sou menos mulher por isso. Aliás me tornei uma grande mulher e uma grande mãe depois da ADOÇÃO. A adoção me fez melhor, me fez enxergar os pequenos milagres que acontecem todos os dias em nossas vidas.

Eu adotei sim, eu gerei sim, um belo filho, gerei-o nas entranhas da minha alma. Infeliz foi o Sr. Prefeito Municipal, com uma insensibilidade ímpar, ao dizer que SÓ as mulheres que geram no próprio ventre uma nova vida são capazes de ver a alma ou iluminar a tudo que as rodeia. Ou quem sabe, tenha ele querido homenagear apenas as mulheres - mães biológicas, no dia internacional da mulher, excluindo do rol das mulheres merecedoras de qualquer homenagem, aquelas que não tiveram a dádiva de dar à luz um novo ser, mas que foram grandemente abençoadas pela adoção.

Caro colega, espero que publique em seu blog a minha indignação.

Grande abraço.

Att.
Luzimar.
Obs: Aproveitando o ensejo, este Blog também deixa registrada a sua reverência à todas as mulheres do mundo. Espero que em 2010 tenham vocês, mulheres, a consciência de que o Brasil está em suas mãos.

Aforismos:

“Nas últimas décadas do século, com o crescimento da população, o consumo pressionava constantemente a produção e os produtores podiam controlar de forma mais geral o mercado das vendas. (...) O que importava na hora de estabelecer o preço pós-colheita era a expectativa do rendimento da colheita: e, nas últimas décadas do século, há evidência do desenvolvimento de um lobby dos fazendeiros, bem consciente dos fatores psicológicos implicados nos níveis dos preços pós-colheita, que assiduamente fomentava uma expectativa de escassez. É notório que nos anos de carestia as faces dos agricultores se emolduravam de sorrisos, enquanto nos anos de colheita abundante a generosidade irrefletida da Mãe Natureza suscitava gritos agrícolas de ‘desgraça’. E por mais generosa que a produção pudesse parecer aos olhos do cidadão, toda colheita era acompanhada por boatos de mofo, inundações, espigas bichadas que se desfaziam em pó quando começava a debulha”.

E. P. Thompson – historiador inglês, em seu clássico estudo “Costumes em Comum”, sobre a Inglaterra do século XVIII.

07 março 2010

Como ser um “classe média” – 014

Ter sobrenome italiano

Grande parte da Classe Média brasileira tem sobrenome italiano. Logicamente que existem muitos casos de origens em outros países europeus, mas o descendente de imigrante italiano é, por excelência, o médio-classista brasileiro padrão.

Dizer a todos que você tem ascendência italiana vai fazê-lo ser respeitado. Isso porque ninguém dá moral pra quem é nascido de uma família tipicamente brasileira. Não é nada chique, não causa impacto nem tampouco sensação. Afinal, você não gosta deste país, lembre-se disso. E nem quem tem sangue italiano, porque o país deles é muito melhor que o nosso. Se alguém perguntar por que eles vieram pra cá, mude de assunto, afinal, o foco da conversa não é este.

Com um sobrenome italiano, você pode também encher a boca pra falar que o brasileiro é preguiçoso, pois os italianos trabalharam muito e hoje estão bem de vida. E quem disser que eles estão assim hoje por causa do incentivo do Governo Brasileiro, a doação de terras, o fomento à organização em enclaves, é um invejoso. Também torça o nariz se alguém questionar a ética e sugerir práticas ilícitas na acumulação de patrimônio. Dorzinha de cotovelo é dureza!

Portanto, se você quer fazer parte da seleta classe, inclua na sua assinatura algo como Rondelli, Lasagna, Risolli, Calzone e afins. Esta é a dica de hoje, com a bênção do Patrino. Porca miséria!

Fonte: http://classemediawayoflife.blogspot.com/

06 março 2010

O Ouro e a madeira:

O Ouro e a madeira

(Os Originais do samba – Compositor: Ederaldo Gentil)

O ouro afunda no mar
Madeira fica por cima
Ostra nasce do lodo
Gerando pérola fina

Não queria ser o mar
me bastava a fonte
Muito menos ser a rosa
simplesmente o espinho
Não queria ser o caminho
porém o atalho
Muito menos ser a chuva
apenas o orvalho

Não queria ser o dia
só a alvorada
Muito menos ser o campo
me bastava o grão
Não queria ser a vida
porém o momento
Muito menos ser o concerto
apenas a canção.

Por Mateus Brandão de Souza, graduado em história pela FAFIPA.

01 março 2010

Yes, nós somos potência:

Esta é a matéria de capa da Revista Isto É, de 06/Jan/2010. Como diz a chamada: “conquistas dos últimos anos elevaram o Brasil a um novo patamar e apontam para uma década de afirmação internacional em várias áreas, da economia ao esporte, da ciência ao meio ambiente”. Vamos aos casos:

É inegável o papel de liderança internacional conquistado pelo Brasil, principalmente, graça a atuação “desarmada” do presidente Lula nas rodadas de negociação ao redor do mundo. O país se tornou importante interlocutor de conflitos e graça a Lula, emplacamos o G-20 em oposição ao G-8. Resta saber se esta influência seguirá no pós-Lula.

Na economia, a crise não passou mesmo de uma “marolinha” no Brasil. Reconheçamos a estabilidade econômica entregue por FHC, mas reconheçamos também que no governo Lula a economia do país não para de avançar. Estamos fazendo negócio com quase todos os países do mundo e não mais apenas com os irmãos do norte. O PIB cresce a cada ano, a inflação cai, os juros caem, a exportações crescem, os investimentos estrangeiros no país também. Além disso, a revista destaca a importância dos programas de transferência de renda, como o Bolsa Família, para a movimentação da economia brasileira.

O Brasil tem a sua democracia consolidada. Não há golpe a vista (a menos que Dilma vença de forma arrasadora!). Os escândalos não são mais varridos para debaixo do tapete, como outrora. No entanto, ainda precisamos avançar na punição efetiva dos políticos flagrados e fazer a tão necessária reforma política.

Por incrível que parece, também no campo científico estamos avançando. Há pesquisas em andamento contra o câncer, doenças cardíacas e cerebrais. No esporte, não somos mais o país apenas do futebol. Nosso vôlei é o melhor do mundo, César Cielo é recordista mundial e até o basquete vem recuperando o prestígio. Claro que precisamos avançar e muito ainda nos apoio e patrocínio aos esportes olímpicos.

Embora tenha terminado em um grande fiasco, o Brasil foi peça importante na conferência do clima em Copenhague. Ainda grande, o desmatamento na Amazônia vem diminuindo. Somos lideres em energias renováveis. Claro que a luta contra o desmatamento ainda está longe de ser vencida.

Somos uma nação digital. O acesso às tecnologias tem sido facilitado a cada dia. Lares com computador e internet, TVs de tela plana e celulares fazem parte da vida de milhões de brasileiros. Para se ter uma idéia, há no país 169 milhões de pessoas com celular. Até mesmo o STJ está entrando na era digitar e agilizando os processos.

Para Isto É, a chave do desenvolvimento pleno passa pela educação. Comparado a 1998, o Brasil diminuiu o número de analfabetos, de crianças fora da escola, aumentou o número de jovens no ensino médio e dobrou o número de universitários. A universalização do ensino é uma realidade. No entanto, precisamos agora melhorar a qualidade deste ensino e também valorizar mais o professor.

Enfim, o Brasil está no caminho certo para, dentro de pouquíssimo tempo, tornar-se uma das cinco maiores economias do mundo. Claro que, neste 2010, teremos a oportunidade escolher entre o caminho atual, de um estado forte e participativo neste processo e o caminho anterior, entreguista, liberalizante e submisso.



Free counter and web stats