03 setembro 2009

Classe Média

Classe Média
Max Gonzaga

Sou classe média
Papagaio de todo telejornal
Eu acredito
Na imparcialidade da revista semanal

Sou classe média
Compro roupa e gasolina no cartão
Odeio “coletivos”
E vou de carro que comprei a prestação
Só pago impostos
Estou sempre no limite do meu cheque especial
Eu viajo pouco, no máximo um pacote CVC tri-anual

Mais eu “tô nem aí”
Se o traficante é quem manda na favela
Eu não “tô nem aqui”
Se morre gente ou tem enchente em Itaquera
Eu quero é que se exploda a periferia toda
Mas fico indignado com o estado quando sou incomodado
Pelo pedinte esfomeado que me estende a mão
O pára-brisa ensaboado
É camelô, biju com bala
E as peripécias do artista malabarista do farol

Mas se o assalto é em Moema
O assassinato é no “Jardins”
E a filha do executivo é estuprada até o fim
Aí a mídia manifesta a sua opinião regressa
De implantar pena de morte, ou reduzir a idade penal
E eu que sou bem informado concordo e faço passeata
Enquanto aumenta a audiência e a tiragem do jornal
Porque eu não “tô nem aí”
Se o traficante é quem manda na favela
Eu não “tô nem aqui”
Se morre gente ou tem enchente em Itaquera
Eu quero é que se exploda a periferia toda
Toda tragédia só me importa quando bate em minha porta
Porque é mais fácil condenar quem já cumpre pena de vida.

Por: Mateus Brandão de Souza, graduado em História pela FAFIPA.

Obs: Já postamos esta música aqui antes, mas acredito que o momento é sempre propício.

4 Comentários:

Às 3/9/09 2:54 PM , Anonymous Anônimo disse...

Pois é, enquanto você não está nem aí... Nossa cidade está se desmanchando, empobrecendo, está ruindo seus pilares, que, os pioneiros deram seu sangue, suor e lágrimas para sua construção.
Ou nos unimos para rendenção do nosso Município ou estaremos condenando nossas futuras gerações...
Cadê a voz do povo que gritava por ordem, honestidade, justiça e transparência?!

A classe média suga os pobres e é sugada pelo nobres, ou seja, é a que fica em cima do muro, quem dá mais leva!!! Por isso é uma merda!!! Acorda meu!!!

 
Às 4/9/09 6:39 AM , Blogger Mateus disse...

Se analisarmos o texto na forma correta, veremos que se trata de uma crítica sobre o comportamento da classe média, discordando da visão de mundo de alguns integrantes dessa classe. Em um texto dessa natureza, não podemos ficar presos apenas nas palavras escritas, é preciso filtrarmos seu contexto para entender o que a mensagem está dizendo realmente. É óbvio que não partilhamos da opinião do TO NEM AÍ. Este texto foi uma forma inteligente de crítica à uma visão de mundo retrógrada e egoísta do qual muitos compartilham.

 
Às 4/9/09 8:34 AM , Blogger PROF ROBERTO disse...

Eis a letra que reflete a insconsciência de uma classe média que "se acha",na verdade "to nem aí" é o que a elite manipula essa "catigoria" da grande maioria do povo que precisa acordar e perceber a força que ela tem em uma cidade e no país.

 
Às 4/9/09 9:49 AM , Anonymous Ricardo Ronda disse...

desculpa eles, mateus. Acho que não leram Brecht. talvez fosse a hora...

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats