23 setembro 2009

Câmara Municipal de Nova Londrina:

A reunião da câmara teve inicio as 20:00 para um público presente de 15 pessoas e todos os vereadores. Foram aprovados três projetos de leis e um requerimento. Projeto de lei-059/09-autoriza o chefe do executivo a contratar operação de credito com agencia de fomento do Paraná S.A. no valor de $ 1.600.000,00 (um milhão e seiscentos mil reais); Projeto de lei-060/09-autoriza o poder executivo a efetuar a abertura de credito adicional suplementar no orçamento do município de Nova Londrina no valor de $1.113.169.54 (um milhão cento e treze mil, cento e sessenta e nove reais e cinqüenta e quatro centavos); Projeto de lei 061/09-autoriza o poder executivo a conceder subvenção financeira ao Conselho de Segurança de Nova Londrina e dá outras providencias.

Destaquei ainda o oficio que o chefe do executivo enviou ao vereador Álvaro Guilherme sobre o pronunciamento do vereador em relação ao Jornal Panorama. Vi o teor do oficio e fiquei admirado. Nao quero aqui defender o vereador Álvaro, mas em nenhum momento na reunião anterior vimos todos nós que estávamos presentes, vereadores, agentes de saúde, autoridades, alunos do curso de Gestão Pública, alguma citação ou ofensa do vereador sobre o chefe do executivo, apenas ele citou erros de português graves no jornal e ainda a matéria que falava dos dias das reuniões da câmara que era nas quintas-feiras sendo que a mais de quatro meses é toda segunda-feira.

Após serem lidos os ofícios foram para os trabalhos. Na pauta onde pela ordem dos inscritos a palavra era com o vereador Álvaro, este falou sobre o ofício que recebeu do prefeito e que é lamentável a atitude do chefe do executivo em enviar um ofício daquela magnitude. Disse que apenas citou erros de português do jornal e sobre o convite das reuniões que anunciaram ser na quinta sendo que a muitos meses é todas as segundas-feira. Disse estar supresso com o endividamento do município e agora esses projetos se contraindo mais dívidas. Ele disse que não é contra os projetos mas que os vereadores analisem os projetos com carinho e cuidado, observem as dispensas de prazos, estudem mais os projetos para poder ser votados.

Vereador Mario agradeceu as pessoas presentes e falou sobre esses projetos e seus benefícios para o município, pois a necessidade é muito grande visto que trata sobre pavimentação asfaltica para áreas de grande necessidade desses serviços. Falou ainda sobre o requerimento que se pede a ampliação da linha de ônibus Marilena/Nova Londrina (empresa Kalunga) para fazer os bairros de Nova Londrina (excelente requerimento).

Otavio Grendene falou sobre os projetos de lei em questão e sua necessidade de implantação no município, sendo de grande valia para o população.

Vereador Raimundo falou sobre o projeto de lei 59/09 que este vai vir de encontro com os moradores dos bairros que vão receber as melhorias de infra estrutura como o asfalto bem como sua preocupação de arrumar as ruas da nossa cidade.

Álvaro, na questão de dispensa de prazo dos projetos disse que deveriam ser melhor analisados, pois a prefeitura já está com muitos parcelamentos e dívidas e agora vai ser feito mais um. Disse que não é contra os projetos mas que os asfaltos poderiam ser feitos a fundo perdido pois livraria a população de mais cobranças de serviços visto que muitos estão com os impostos atrasados e agora mais uma taxa de serviço a ser cobrada e muitos são de baixa renda, por isso sua preocupação.

Vico disse que manifesta seu apoio pela dispensa de prazo dos projetos e que se não se buscar recursos via financiamentos os que o município arrecada não dá para fazer os trabalhos de grande monta.

Roberta falou sobre a dificuldade das pessoas que moram naqueles locais que ainda não tem asfalto e que se as pessoas economizarem vão conseguir pagar o serviço prestado. E que ela morou numa rua sem asfalto por vinte anos e sabe como é a dificuldade.

Raimundo falou que a dificuldade do povo que pisa na lama é muito grande e que tem que ser feito os investimentos e não só ficar pagando dívidas.

Vereador João Bombeiro falou que o povo daqueles bairros serão muito beneficiados com aprovação desses projetos.

Vereador Álvaro pediu uma parte da palavra ao vereador João e este concedeu onde no uso da palavra Álvaro manifestou seu apoio aos projetos. Não é contra mas que esta fazendo seu trabalho de vereador de defender a população, pois o medo dele é de futuramente os moradores terem que pagar valores elevados com estes empréstimos para serviços de asfalto. Mas quanto ao projeto ele é favorável. Agradeceu o aparte concedida ao vereador João e lhe devolveu a palavra onde o vereador João disse que esses asfaltos que vão ser feitos tem que ser de qualidade pois tem ruas que em pouco tempo já esta acabada e o povo continua pagando por um serviço mal feito.

Tiago falou sobre o requerimento de viabilização da linha de ônibus de Nova Londrina/Marilena se estender aos bairros que é um excelente requerimento.

Depois, nas considerações finais, o vereador Álvaro pediu que se envie ofício de condolências à família do Sr. Almir Viana, antigo morador do nosso município. Falou ainda sobre a questão do lixo que está se acumulando no pátio da prefeitura e que devem se tomar as medidas necessárias para que o nosso município não venha ser penalizado e que envie ofício ao órgão competente para que tome as providencias necessárias.

Vereador Mario falou sobre a questão de sinalizações, que se envie um oficio ao Dep. Teruo Kato para que este possa ajudar o município nesta questão.

Vico falou também como tinha pedido o vereador Álvaro, que se envie oficio de condolências a família do Sr. Almir Viana, falou sobre a necessidade de sinalização urgente para a entrada da cidade no sentido Paranavaí-Loanda.

O presidente pediu ao secretario que se envie os ofícios aos seus destinos e que se envie ainda um ao deputado Acorssi para que este possa interceder e ajudar na aquisição de cadeiras de rodas para nossa cidade para atender as pessoas que tem necessidades. Agradeceu a presença de todos e continua convidando os munícipes para que continuem prestigiando os trabalhos da casa de leis.

O povo do Novo Horizonte espera que agora o asfalto possa sair. Também cobram a padaria comunitária tão falada e o café solidário que foi uma promessa de campanha.

Por: Luciano Pereira da Silva – Técnico em Gestão Pública pelo ITDE-UFPR.

8 Comentários:

Às 23/9/09 5:36 PM , Blogger Cássio Augusto disse...

Deixa eu ver se eu entendi: O Prefeito municipal enviou ofício a um Vereador o reprimindo de seus comentários em uma reunião da Câmara?

Ora, os poderes não são independentes? Os membros do legislativo não possuem liberdade de expressão? O que leva o chefe do Executivo a defender um jornal? Pq ele "se doeu"?

Pisada na bola feia heim!

 
Às 23/9/09 8:36 PM , Anonymous Funcionario Público disse...

Faço da palavra do Cássio a minha uma vez que o que disse o tal vereador e fato é verdade, penso eu que o que disse o Alvaro veio só para o JP verificasse a ortografia e não como uma ofensa aos responsáveis pelo mesmo.
Pisou na bola sim talvez o JP (Jornal da Prefeitura) em sua segunda edição terá um numero menor de erros.

Quanto a pergunta do Cássio digo que isso não passa da tal perseguição ja que Álvaro dos 3 vereadores é sim o unico da oposição, talvez se um dos outros tivesse visto e comentado não daria esse bafáfá.

 
Às 24/9/09 7:55 AM , Blogger luciano disse...

EU ESTAVA PRESENTE COMO SEMPRE ESTOU EM TODAS REUNIOES E TAMBÉM ACHEI LAMENTAVEL A ATITUDE DO CHEFE DO EXECUTIVO,POIS O VEREADOR ALVÁRO EM NENHUM MOMENTO FALOU QUE O JORNAL ERA DO PREFEITO E OU LIGADO A ADMINISTRAÇAO PÚBLICA ELE APENAS CITOU ALGUNS ERROS DE PRTUGUÊS E FALOU SOBRE A DATA DAS REUNIOES DA CAMARA QUE FOI PÚBLICADO ERRADO...RAPAZ LEVOU CACETADA, MAS POR QUE? DE QUEM É O JORNAL.

 
Às 24/9/09 9:46 AM , Anonymous FÉLIX TREMEMBÉ disse...

O QUE MAIS ME SURPREENDE É TAL CHEFE INDIGNADO MANDAR OFÍCIO DE TAL MATÉRIA, POR QUE NÃO FOI ATÉ À REUNIÃO DA CÂMARA E NÃO EXPLICOU O PORQUÊ DE SUA INDIGNAÇÃO E OU INSATISFAÇÃO AO MERO COMENTÁRIO SUGESTIVO DO VEREADOR ALVARO? QUAL O MEDO DE ENCARAR UMA PLATÉIA? OU EXPLICAR-SE A ELA? OLHA MINHA GENTE MUDAM-SE ÀS PESSOAS, MÁS A MESMA MANIA DE AUTORITARISMO, E AQUELA VELHA PRÁTICA DE REPRESSÃO À QUALQUER QUE SEJA A FORMA DE OPINIÃO E PENSAMENTO CONTINUA, NA MENTE DE PESSOAS DESPROVIDAS DE INTELÉCTO E HUMILDADE, MÁS TA AÍ É A REALIDADE NUA E CRUA DE NOSSOS REPRESENTANTES É O QUE PENSO......

 
Às 24/9/09 9:47 AM , Blogger PROF ROBERTO disse...

Vejo que os investimentos em infraestrutura são essenciais, apenas é preciso ter responsabilidade financeira para não endividar o município e deixar de lado outras prioridades que depois não tenhamos condiçoes para contrair outros empréstimos; também social pelo fato de nossa população contrair uma dívida a longo prazo...

 
Às 24/9/09 12:01 PM , Anonymous por uma nova londrina melhor disse...

acho que o municipio tinha que ir atraz daquelas pessoas que estava aqui em palanques falando que ia fazer isto aquilo e ja vai fazer 10 meses desta administraçao e nao tem ( 1,00 um real) junto ao governo federal cade aqueles deputados federal do atual administraçao cade todos pode entrar e ver , o prefeito so sabe mandar oficio a vereador que fez um comentario , todos podem entrar e ver http://www.portaldatransparencia.gov.br/convenios/ConveniosLista.asp?UF=pr&Estado=parana&CodMunicipio=7725&Municipio=NOVA+LONDRINA&CodOrgao=&Orgao=undefined&TipoConsulta=0&Periodo=

 
Às 24/9/09 3:48 PM , Anonymous Ricardo Ronda disse...

Tive acesso ao ofício que o Ver. Álvaro recebeu. De uma violência inaudita, desproporcional e acredito até, despropositada em relação aos comentários do Vereador na sessão. Apontando pequenos erros de português, aceitáveis para quem sabe como é difícil acertar na primeira vez que se mexe com jornal impresso; e seio-o bem, pois cometo os meus apesar de já ter cinco anos de prática nesta estrada...
Quanto ás datas das sessões da Cãmara sim: imperdoável pelo tempo em que as mesmas já ocorrem às segundas-feiras. No mais, ninguém colocou sob suspeição nenhuma forma de subsídio ao dito jornal, nem foram feitas ilações na Câmara sobre uma 'possível' cobertura financeira que o mesmo poderia receber da Prefeitura Municipal de Nova Londrina. Por isso não entendi o porquê de tão cáustico ofício à comentários feitos 'en passant' dentro de uma fala maior que, quem tiver a paciência de ler a ata da sessão, deixa óbvio. No meu entender e citando o bardo inglês: muito barulho por nada.

 
Às 25/9/09 2:02 PM , Anonymous Anônimo disse...

Eu só quero deixar aqui uma pergunta no "ar", para ser refletido entre nós internautas:

Quem acompanhava as reunioes da camara municipal na gestão
municipal de 2005 á 2008, sabe que era aprovada naquela época projetos absurdos, não quero nem falar aqui quais eram, mais quem acompanhava sabe do que eu estou falando, e ai agora o Prefeito pede autorização para o legislativo para ser feito um emprestimo no valor de 1.600.000,00(um milhaõ e seiscentos mil reais), e tem vereador que pede tempo para votar, que pode-se prejudicar alguem, porque ele não ficava preucupado no passado enquanto era aprovado outros projetos que não teve beneficio a "ninguem"(SE ASSIM POSSO DIZER)

Só foi mesmo um desabafo, e faço essa pergunta tambem para o nosso amigo cassio, na sua opinião o que você acha disso?.
E deixo tambem aqui um pedido aos nossos vereadores a esquecer o passado, e regaçem as mangas e vão trabalhar pela população.
"A POLÍTICA PODE E DEVE SER EXERCIDA A FAVOR DO POVO, PORQUE ESSE É O SEU VERDADEIRO PAPEL"

UM ABRAÇO AO COMPANHEIRO CASSIO, E A TODOS OS INTERNAUTAS.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats