27 agosto 2009

Não às novelas.

Por que?

Porque ao mesmo tempo em que elas são vazias, imbecis e de pouca ou nenhuma originalidade, elas são altamente nocivas, elas neutralizam o intelecto, elas nos prende e nos incapacita intelectualmente.

As novelas em sua grande maioria mostram um panorama contrário da nossa realidade ou do mundo que vivemos. Uma teledramaturgia de respeito e que se considere, jamais pode ser comparado a algo da natureza de caras e bocas e nem mesmo ter a visão deturpada ou equivocada sobre a Índia de Mahatma Gandhi.

Devemos evitar as telenovelas, minimizar esta inserção em nossa cultura, não nos esqueçamos que existem outras opções para nos ocuparmos, troquemos as telenovelas do horário nobre, por algo que contribua que nos estimule a capacidade de pensar, aprender e questionar.

Optemos por boas leituras, documentários ou bons filmes, vamos mudar nosso costume. Enquanto nós brasileiros permanecemos sentados boquiabertos engolindo novelas vãs, os argentinos, paraguaios e bolivianos estão à nossa frente atentos aos livros, nutrindo seus conhecimentos.

Nos atentemos, pois, na América do Sul, um dos menores índices de leitores por habitantes é o nosso e isto é no mínimo preocupante. Devemos mudar, e o primeiro passo é nos abstermos do que é nocivo. Se trocarmos as novelas pela leitura, certamente estaremos contribuindo e nos inteirando do que é o mundo e o sistema ao qual estamos inseridos.

Por: Mateus Brandão de Souza, graduado em história pela FAFIPA.

3 Comentários:

Às 27/8/09 11:35 PM , Blogger JOSÉ ROBERTO BALESTRA disse...

Cássio, subcrevo todas as palavras aí do Matheus Brandão. Novela é a causa da grande indigência intelectual de nosso país...

 
Às 28/8/09 2:51 PM , Blogger luciano disse...

PARA MIM TAMBÉM É A PURA VERDADE, QUANTOS CRIMES SE MOSTRAM E UMA NOVELA A CADA CAPITULO...

 
Às 28/8/09 3:18 PM , Blogger Cássio Augusto disse...

como não assisto novelas, não posso comentar! rsrs

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats