27 maio 2009

Papel da Mídia:

Observa-se que os meios de comunicação no Brasil têm extrapolado em noticiar fatos com opiniões tendenciosas, não proporcionando a livre manifestação de as pessoas pensarem, refletirem, entenderem e interpretarem. Talvez, a mídia tem ganância em reproduzir uma política que venha satisfazer um grupo conforme os interesses políticos.

Percebe-se que tanto na imprensa escrita quanto falada há uma distorção da notícia, emitindo pareceres precipitados, não importando quem seja ou que está difamando cidadãos antes de uma averiguação da certeza do delito ou não praticado pelos envolvidos.

Também, há insinuações de incriminar, sem que haja apuração da veracidade do fato, sem defesa para buscar os elementos mais corretos em divulgar, na ânsia de ser a primeira a colocar para a população, devido à guerra de informações pelos órgãos da imprensa.

Vê-se apelar para o ridículo, em elevar ou rebaixar qualquer pessoa no sentido em promover ou não aquela verdade, manipulando a comunidade em pensar no que está sendo relatado, não deixando margem a desconfiança ou tempo em checar o certo e o errado.

Acredita-se que, se continuarmos vendo essa postura autoritária, vamos criar uma massa de pessoas que não terão oportunidades de lutar por melhores condições de vida, seja no trabalho ou na sociedade, pois sempre teremos aquelas que irão ditar as normas de convivência, de modo que permaneça o autoritarismo e pereça a democracia, o livre arbítrio de optar em tudo que houver escolhas.

Por: Prof. Roberto Tsunokawa: Graduado em Farmácia e Letras pela UFSM; especialização em Psicopedagogia; professor licenciado ( especialização PDE/UEM) da rede pública do Paraná; vereador na legislatura 2005-2008; candidato a prefeito nas eleições municipais de 2008.

1 Comentários:

Às 28/5/09 11:54 AM , Blogger Osmar Soares Fernandes disse...

Parabéns prof. Roberto pelo texto. Concordo piamente... A Imprensa quando tendenciosa é maléfica.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats