07 maio 2009

Mãe:

Nome singular, ímpar, do qual poeta algum conseguiu tirar rima.

Mãe é mapa, mãe é bússola, mãe é o céu, as mães são nossas melhores confidentes, amor de mãe é algo imensurável, para elas somos sempre crianças a quem elas devem dispensar todo cuidado.

A ausência delas é dor sem medida, é saudade sem fim, é uma eterna vontade de telas conosco. Mas, protecionismo de mãe em auto grau, pode ser prejudicial para a formação do homem. Neste mundo cão, muitos filhos deixam de ser ousados pelo temor ao perigo, pela proteção de mães que assim agindo, julgam estar fazendo o melhor para suas crias. O amor materno em excesso , desencoraja o filho. Esse cuidado em demasia faz com que os filhos mesmo adultos sejam carentes do colo aconchegante desses seres maravilhosos.

Poucos foram os que correram riscos, poucos tentaram ir além quando suas mães foram muito protetoras, apesar de ser uma função nobre, ser mãe é tarefa complexa, pois o amor que elas dispensam, deve ser dosado, para que o cuidado não forme seres que incapazes de dar os primeiros passos, para que esses filhos privilegiados tenham coragem diante das decisões da vida. Mães, nobres seres, amor e proteção devem ser regrados, para que seus filhos não se tornem adultos medrosos.

Um Brinde aos melhores seres do mundo, viva essas mulheres dedicadas que desde a lactação, passam a viver em função de seus filhos. Obrigado mulheres mães, muita cautela, pois de vocês provém a personalidade de muitos homens.

Por: Mateus Brandão de Souza, graduado em História pela FAFIPA

2 Comentários:

Às 7/5/09 3:58 PM , Anonymous Arthurius Maximus disse...

Uma mensagem emocionante.

 
Às 8/5/09 12:28 PM , Anonymous PROF ROBERTO disse...

PARABÉNS COMPANHEIRO..MÃE É A PESSOA QUE DEVEMOS AGRADECER TODO DIA POR ELA ESTAR CONOSCO, VIVENCIAR PARA QUEM AS TEM; POIS É SÍMBOLO DE AMOR, DEDICAÇÃO...

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats