18 fevereiro 2009

A Solidão:

A solidão é uma manifestação de sentimento presente em muitos momentos de nossa vida. Ela aparece em situações de dificuldades financeiras, amorosas, sensações de perda momentânea ou perene de alguém muito importante em seu rol de amigos. Podemos apreciá-la sob duas formas: benéfica ou maléfica.

Se observarmos no sentido de trazer um vazio, uma “dor”, um aperto, uma afobação, um medo, estamos diante de uma expressão negativa que mostra uma desilusão, frustração, uma baixa-estima favorecida por uma ocorrência de um fato desagradável.

Por outro lado, se vier uma reflexão, um novo recomeçar, um repensar, um rever, um reposicionamento a respeito de um equívoco que cometemos a todos os instantes de nossas ações, vamos entender que ela vem para brilhar um pensamento positivo, abrir horizontes antes inimagináveis, reorientar nossos caminhos pelo caos instalado em nosso “coração”.

Há certos períodos no dia-a-dia que oscilam entre o estar “bem” ou “mal”. São situações vivenciadas a todo minuto, que contabilizados ao final de um dia, de uma semana, de um mês, de uma vida, não fazemos balanço das coisas boas, pois o pessimismo e a descrença são sobrepujantes ao otimismo, por isso a impressão é que sempre estamos em débito com a felicidade, mas em crédito com a solidão.

Se olharmos essa situação sob uma variável com maior precisão, verificaremos que a soma total é a vida em um plano maior, que temos tudo a nossas mãos para não deixarmos que o sentimento do mal prevaleça ao do bem.

É fundamental que tenhamos a convicção que a existência do TER não deve penetrar em nosso pensamento, que a existência do SER é a vitória do ser humano.

Por: Prof. Roberto Tsunokawa: Graduado em Farmácia e Letras pela UFSM; especialização em Psicopedagogia; professor da rede pública do Paraná; ex-vice diretor do Colégio Ary João Dresch; vereador na legislatura 2005-2008; segundo colocado nas eleições municipais de Nova Londrina com 35% dos votos.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats