20 agosto 2008

Os lucros da Guerra:


Somente o acesso irrestrito à rede mundial de computadores pode nos fornecer informações que nunca obteríamos pelos veículos tradicionais de comunicação, em especial os grandes conglomerados brasileiros do tipo Abril e Globo.

Estes dias tive a oportunidade de ver o documentário “Iraque a Venda – os lucros da guerra”. Nele o diretor apresenta uma “guerra do Iraque privada”, onde o exército é muitas vezes substituído por empresas terceirizadas, contratadas pelo governo estadunidense, que não têm qualquer responsabilidade na morte de seus “funcionários” ou mesmo com a qualidade do serviço.

Ex-funcionários que conseguiram retornar com vida do Iraque dão seus depoimentos, e o que vemos é chocante. Pessoas e famílias inteiras foram enganadas com a história de que estariam “ajudando a reconstruir o Iraque”, e acabaram abandonadas à sorte pelas corporações que os contratou.

O pior de tudo, é que a cúpula do poder nos Estados Unidos é conivente com esta prática e quem paga a conta é contribuinte estadunidense, e claro, os mortos que foram usados para que algumas poucas pessoas lucrassem.

É interessante o caso da Halliburton, de propriedade do vice-presidente Dick Cheney, uma das maiores empresas no ramo petrolífero que está “ajudando a reconstruir o Iraque”. Halliburton é a mesma empresa que “sumiu” com os notebooks da Petrobrás.

Interessante também é ver o caso de corporações que “dão apoio” logístico ao exército. Fazem a comida, lavam a roupa, fornecem água potável, constroem as tentas. Tudo de péssima qualidade e a preços superfaturados.

Muitas outras informações constam no documentário. Se alguém se interessar pode fazer o download aqui.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats