29 maio 2008

MPB:


Que o Brasil é um celeiro musical, isso ninguém duvida, no entanto, acompanhando nossos queridos programas de auditório dominicais, ficamos com um impressão de que “nada se cria, tudo se copia”, ainda mais nas “ondas da moda musical”, grupos e cantores surgem e desaparecem com uma velocidade surpreendente, os famosos “15 minutos de fama!”.

Domingo passado mesmo, nosso querido Faustão de 1000 programas e falas intermináveis passou horas anunciando a presença de Ney Matogrosso, um dos maiores artistas musicais deste país, para no final, cantar apenas duas músicas.

Ainda bem que existem ferramentas como a Internet que nos possibilitam o acesso à boa música que não está “nas paradas de sucesso”. É por aqui que me atualizo com a cena Reggae do Brasil e suas excelentes bandas de letras vibrantes e som para se elevar sem sair do chão.

Mas quero aqui falar de dois músicos injustiçados pelos grandes veículos de comunicação. Renato Teixeira e Zé Geraldo e seus mais recentes lançamentos ao vivo. O primeiro ainda é um pouco desconhecido para mim, mas Zé Geraldo é o Bob Dylan brasileiro. São músicas de amor e de crítica político social que valem a pena serem conferidas. Segue abaixo dois trechos de músicas do Zé.

Banquete de Hipócritas:

O presidente come o vice-presidente
Que come o diretor
O diretor come o gerente
Que come o supervisor
O supervisor por não ter a quem comer
Come o trabalhador
O trabalhador come o pão
Que o diabo amassou
O presidente....que o diabo amassou
Banquete de hipócritas



Como diria Dylan:

O importante é você crer
na juventude que existe dentro de você
Meu amigo meu compadre meu irmão
Escreva sua história pelas suas próprias mãos
Nunca deixe se levar por falsos líderes
Todos eles se intitulam porta vozes da razão
Pouco importa o seu tráfico de influências
Pois os compromissos assumidos quase sempre ganham subdimensão
O importante é você ver o grande líder que existe dentro de você
Meu amigo meu compadre meu irmão
Escreva sua história pelas suas próprias mãos
Não se deixe intimidar pela violência
O poder da sua mente é toda sua fortaleza
Pouco importa esse aparato bélico universal
Toda força bruta representa nada mais do que um sintoma de fraqueza.
O importante é você crer nessa força incrível que existe dentro de você

Vale a pena ainda conferir a linda história de “Zé e José”, além da singela homenagem à Chico Mendes na música “O Seringueiro” e da já conhecidíssima “Cidadão”.

4 Comentários:

Às 30/5/08 2:27 PM , Anonymous Arthurius Maximus disse...

Realmente, esperar cultura de qualidade de programas desse nível é esperar que Chávez renuncie e que Lênin retorne a vida. (rs)

 
Às 1/6/08 2:01 PM , Anonymous magui disse...

Faustão é um mamute que ganha uma dinheirama fantástica, dita regras, prresegue e premia quem quer.Prefiro o imitador dele da Rede Record.Não reconheci o cara da foto...

 
Às 1/6/08 8:52 PM , Blogger Prof Toni disse...

Hoje estava ouvindo novamente "Classe Média" do Max Gonzaga, está no Youtube, vale a pena! Zé Geraldo é do tempo que o artista ia onde o povo estava, inclusive em alguns comícios, sem cobrar os cachês do "Zezé de Camargo...". Abração.

 
Às 2/6/08 7:35 PM , Blogger Prof Toni disse...

Voltando, sem pedir licença, mas recomendo essa leitura: http://pedroalexandresanches.wordpress.com/2008/05/30/o-que-foi-que-aconteceu-com-a-musica-popular-brasileira/

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats