09 maio 2008

Dilma neles! ou Fogo na Direita!


Na última quarta-feira, a Ministra da Casa Civil, Sra. Dilma Roussef, estive na comissão de infra-estrutura do Senado para tratar do tema a qual foi convocada, as obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Dilma deu um show de apresentação, até mesmo a Rede Globo em seu Jornal da Noite admitiu isso.

Após a apresentação, políticos da oposição tentaram fazer daquele momento de câmeras espalhadas por todos os lados, um palanque eleitoral. Mas como uma boa mulher de fibra, a Ministra Dilma não se esquivou em responder a nenhum questionamento dos Nobres Senadores e deixou a oposição mais uma vez desarmada.

Mas o fato mais interessante foi a tentativa por parte do Senador José Agripino Maia (DEMO/RN) em desmoralizar/desestabilizar a Ministra. O Senado em questão, leu uma entrevista em que Dilma comentava sobre as torturas que sofreu durante o período Militar e que diz ao entrevistador que mentia nos interrogatórios. Agripino Maia questionou se não estaria a Ministra mais uma vez mentido. A Resposta foi arrasadora:

Qualquer comparação entre a Ditadura Militar e a democracia brasileira só pode partir de quem não dá valor à democracia brasileira. Eu tinha dezenove anos e fiquei três anos na cadeia e eu fui barbaramente torturada, senador. Qualquer pessoa que ousar dizer a verdade para interrogadores compromete a vida de seus iguais, entrega pessoas para serem mortas. Eu me orgulho muito de ter mentido senador, porque mentir na tortura não é fácil. (...) Eu me orgulho de ter mentido. Eu me orgulho imensamente de ter mentido e porque eu salvei companheiros da mesma tortura e da morte. (...) Eu acredito, senador, que nós estávamos em momentos diversos da nossa vida em 1970. Eu asseguro pro senhor, eu tinha entre dezenove e vinte e um anos e de fato eu combati a Ditadura Militar e disso eu tenho imenso orgulho!

É, nobre Senador Agripino Maia, quem fala o que quer, ouve o que não quer. Poderia ter ficado sem esse vexame nacional. Como diz uma letra lá dos anos oitenta da banda brasiliense Plebe Rude: “Se você falar mentiras sobre a gente, falamos a verdade sobre você!”. Enquanto Dilma Roussef e seus companheiros combatiam a Ditadura Militar, pessoas como José Agripino Maia e seus comparsas do “DEMOcratas” torturavam os jovens brasileiros e hoje tentam passar a imagem de defensores da democracia. Fogo na Direita!


Vídeo no YouTube: http://www.youtube.com/watch?v=DBZ0oxue7uw&feature=related

8 Comentários:

Às 9/5/08 5:39 PM , Blogger CrápulaMor disse...

Pra quem já teve coragem de enfrentar a Ditadura, o que é meia dúzia de Senadores da oposição fazendo cara feia? Dilma não tem medo de Agripino nenhum, nem de eleição presidencial. A Ministra está mais do que credenciada para a sucessão de 2010.

Passe lá no meu blog:
http://www.crapula-mor.blogspot.com/

Abraços

 
Às 10/5/08 12:47 AM , Blogger Sr. Burguês disse...

Combateu uma ditadura pra implementar outra, dessa vez sob a tutela da União Soviética.
Roubou bancos, praticou terrorismo, mentiu pra salvar a pele de seus companheiros terroristas. Da mesma forma que não haveria virtude se Ayman Zawahiri mentisse pra salvar o Bin Laden e a Al-Qaeda, não há virtude na senhora Dilma em fazer o que ela fez.

 
Às 10/5/08 12:03 PM , Blogger Cássio Augusto disse...

Não consigo entender como tem gente que ainda não reconheceu a importância dos movimentos que combateram a Ditadura Militar... seja da forma que for...

É Victor... acho que nós tbém estaríamos em momentos distindos em 1970!!! rsrs

 
Às 10/5/08 12:12 PM , Anonymous wilson rezende disse...

Quem vai ser o vice: o Sarney?, Lobão?, Collor? larga de ser alienado Causio, o PT morreu para os trabalhadores e lutadores honesto, mas continua vivo para banqueiros, grandes latifundiários e grandes empresários.
wilsonrezende.zip.net

 
Às 10/5/08 12:46 PM , Blogger Cássio Augusto disse...

Caro Wilson... em momento algum do texto fiz campanha pró-Dilma 2010... aliás... penso que quem fez esta campanha foi o próprio Agripino Maia!!! a imagem que ilustra o post é apenas uma provocação neste sentido...

Não sei se percebeu mais o texto fala sobre Ditadura Militar.. memória... os DEMOcratas e etc...

 
Às 11/5/08 1:34 AM , Blogger Sr. Burguês disse...

Não vejo que devemos reconhecer movimentos que queriam derrubar uma ditadura para impor outra, ainda mais cruel e repressiva. Reconheço a luta de centenas de pessoas que se oporam ao regime por este ser autoritário e desejarem a volta da democrácia, sem querer transformar o Brasil numa grande Cuba, como pessoas como José Genoino, José Dirceu e a própria Dilma queriam.

 
Às 11/5/08 7:21 AM , Blogger Dorian disse...

Cássio,

Foi totalmente inoportuna e uma tremenda bola-fora a colocação do Senador José Agripino, mas a resposta da Dilma revela muito sobre o que ela é.

Sob tortura o sujeito chama urubu de meu louro e admite até o que nunca nem pensou em fazer.

Se Dilma mentiu nessas circunstâncias então ela domina essa arte de forma incomparável.

Por quê acreditar no que ela diz agora, que está com o poder nas mãos e gozando de total liberdade???

 
Às 14/5/08 7:50 AM , Anonymous Arthurius Maximus disse...

Uma frase que resumiria a atuação do senador: "Perdeu uma grande oportunidade de ficar calado."

Um reflexo claro e cristalino de como são mau preparados nossos políticos. Só um idiota completo usaria aquele trecho como intimidação.

Como você diz: Os tucanos lançaram a cadidatura de Dilma.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats