16 outubro 2007

“Alguma coisa acontece...”


Alguma coisa acontece na América Latina de hoje. O resultado disso somente o tempo dirá. A continente tem se constituído na principal forma de resistência dos povos subalternos contra o sistema capitalista. Não apenas aqui em nuestra america, mas principalmente aqui as populações menos favorecidas têm se organizado numa forma de contra-hegemonia, temos exemplos do EZLN no México, os descendentes do índios na Guatemala e na Bolívia, o MST no Brasil, sem falar nas vitórias políticas da Nova Esquerda.

Toda esta mobilização é óbvio que gera preocupação nos grandes propagadores do modelo neoliberal. Recentemente o Ministério da Defesa da Inglaterra publicou um relatório que aponta justamente para esta questão. Chama-se “Estratégias Mundiais, 2007/2036”. Entre as conclusões do relatório podemos destacar: _ As desigualdades do neoliberalismo levarão a ressurgir ideologias “populistas”, “marxistas” e etc; _ Criará um movimento mundial de massa pela justiça; _ O sistema atual pode morrer; _ Necessidade de criar respostas às demandas populares, criando políticas compensatórias; e etc...

Ora, isso é fantástico. O governo Inglês admite que o neoliberalismo gera desigualdades, e que isto está criando movimentos contestatórios que poderão abalar a “ordem” e que precisam agir de alguma forma para impedir que os “de baixo” mudem esta ordem. Como eles vão fazer isso? Criando políticas compensatórias, ou seja, mais algumas esmolas e mudanças para que nada mude, lembram-se da frase “Façamos a revolução antes que o povo a faça”? Então, é justamente isso, o ativismo de classe média e etc, além é claro da já conhecida criminalização/desqualificação dos movimentos sociais.
Obs: Texto feito com base na conferência dada pelo professor Henry Veltmeyer, da Universidade de Saint Mary, Halifax do Canadá, durante o III Simpósio Internacional de Geografia Agrária – Campesinato em Movimento.

3 Comentários:

Às 16/10/07 9:57 PM , Blogger Dorian disse...

Mil vezes viver sob o neoliberalismo e do capitalismo do que em um mundo dirigido ou influenciado ideologicamente pelo MST. Vade retro!!

 
Às 18/10/07 12:36 AM , Anonymous Márcio Pimenta disse...

O neoliberalismo não é sustentável. Mas o que me incomoda não é quem vai substitui-lo. O que me incomoda é o pensamento do 8 ou 80. Teorias de 40 ou 50 tiveram o seu tempo e falharam, não importa o motivo. Da mesma forma que o neoliberalismo está falando. Devemos pensar em outras alternativas. Voltar ao passado como tem feito Chavéz é um desastre. A política atual dos EUA idem.

 
Às 23/10/07 6:52 PM , Blogger Alex disse...

è Cassio, você continua antenado.
eu também acredito neste movimento que a America Latina vive. o continente do seculo XXI. e o fato é que nos latinos, afrodescendentes, povos indigenas... temos muito a mostrar ao mundo.
e com licença Marcio Pimenta, mas oito e oitenta, pra mim é igual virar a piramide de cabeça pra baixo, e faz muita diferença sim.
pois tentar viver sob o neoliberalismo sem ter o que comer é muito f...

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats