26 agosto 2007

A Vale é nossa!


Diversas entidades representativas das classes populares brasileiras, é claro que não estou falando da Fiesp, Febraban, UDR, e mais alguns do “cansei”, mas sim do MST, Via-campesina, CUT, Conlutas, Pastoral Operárias, estão organizando em todo o pais um plebiscito pela nulidade do leilão da Compania Vale do Rio Doce, a ser realizado entre os dias 1º e 7 de setembro.

A CVRD foi criada em 1942, é a maior empresa mineradora do mundo, atua em 14 estados brasileiros, possui 9 mil Km de estradas de ferro, é proprietária de 10 portos e atua em 5 continentes. Possui jazidas de nióbio, urânio, ouro e manganês, líder em minério de ferro e a segunda maior produtora de manganês e ferroligas. Isso é a Vale!

Tudo isso, foi vendido por pouco mais de R$ 3,2 bilhões, quando possuía patrimônio estimado em mais de R$ 92 bilhões. Você acha isso justo? É o patrimônio nosso, do povo brasileiro, que foi vendido a preço de banana devido à política neo-liberal do governo tucano de FHC. Enquanto ainda era estatal, a Vale sempre foi lucrativa, inclusive, no último ano de 2006, o lucro da Vale foi de R$ 12,2 bilhões. Antes do leilão, mais de 10 mil trabalhadores foram demitidos e tiveram seu “acertos” pagos pela empresa quando ainda era estatal, tudo isso para que o grupo que comprasse a Companhia não tivesse problemas trabalhistas. Tudo isso sem falar nas maracutaias feitas no BNDES e as mais de 100 ações que correm na justiça contra a privatização.

Na semana da pátria, participe do plebiscito, mostre a sua indignação diante de tamanho absurdo. Assista ao documentário produzido. Organize o plebiscito na sua comunidade! A Vale deve continuar nas mãos do capital privado? Vote NÃO!
Obs: Este Blog não será atualizado durante esta semana pois vou estar na Unesp de Marília participando do 5º Seminário Internacional Gramsci.

13 Comentários:

Às 27/8/07 12:02 AM , Blogger Vanderlei disse...

A Vale é nossa. o próprio título define o sentimento nacional. Resgatar esse patrimônio nacional do povo brasileiro é uma tarefa histórica da classe trabalhadora, que, nesse momento, começa a trabalhar com o plebiscito para mostrar sua indignação e revolta contra a escandalosa privatização. Essas pessaos que privatizaram o Brasil é preciso levá-las para um tribunal internacional por crime de lesa pátria
Parabens Cássio pela luta

 
Às 27/8/07 8:35 AM , Anonymous Katia Correia disse...

Olá, Cássio!!!
Com certeza irei participar, pois é tamanha a minha indignação com tanta injustiça. A Vale pertence ao povo brasileiro e isso deve ser corrigido.
Pode contar comigo...
Abraço!!!

 
Às 27/8/07 3:09 PM , Blogger Sr. Burguês disse...

A Vale pertence ao povo... HOJE. Antes, ela pertencia ao Estado, e ocidadão brasileiro em nada podia participar dela - a não ser ter sua "mais-valia" explorada pelo Estado como funcionário da Vale. Hoje, com alguns clicks no mouse ou alguns telefonemas, qualquer um pode comprar um "pedacinho" da Vale e ser dono dela.
A CVRD agora é privada e vai muito bem, obrigado. Muito melhor do que quando era propriedade do presidente em cargo, e não vai ser um plebiscitozinho fajuto bolado por um punhado de organismos que se acham no direito de serem a voz dos ditos trabalhadores que vai conseguir reestatiza-la.
Depois, quando eu tiver mais tempo, volto aqui pra me dizertir um pouco refutando as inverdades e bobagens que vc escreveu - algumas delas bem gritantes, hehehe.

 
Às 27/8/07 4:12 PM , Blogger Cássio Augusto disse...

Caro Victor... inverdades e bobagens pra vc... mas verdades e coisas muito sérias para outras pessoas!!!

Se divertir??? olha... sinceramente... acho que já virou profissão pra vc heim!!! hehe

É claro que o plebiscito ñ vai mudar as coisas... mas pelo menos serve para mobilizar a população e com isso quem sabe precionar o governo... o Estado... o Parlamento ou mesmo a Justiça...

 
Às 27/8/07 7:07 PM , Anonymous Marlonbrando Urbano disse...

"precionar o governo"

O Lula não é seu amigo??

Cadê o Lula, a força do povo???

Ele se dizia contra e nada faz hoje.

Governo é para governar..

gerar lucros é do segundo setor... deixe que a iniciativa privada resolva...

 
Às 27/8/07 8:43 PM , Blogger Dorian disse...

É vamos cancelar a privatização...
Já imagino até a nova diretoria da Vale depois de estatizada:
Para a presidência, ninguém melhor que José Dirceu. Delúbio Soares poderia ser o diretor financeiro. Silvinho Pereira seria o diretor administrativo. A diretoria de recursos humanos ficaria com Angela Guadagnin. A Maurício Marinho caberia a diretoria de compras e suprimentos. Tenho certeza que essa turma, imbuída de todo seu patriotismo, de toda sua ética e honestidade saberia gerir o patrimônio público para os fins mais nobres, afinal são especialistas nisso, não é mesmo??

 
Às 28/8/07 1:26 PM , Anonymous Andr� Roberto Finken Heinle disse...

Est� claro, por meio do texto em discuss�o, que o autor n�o entende patavinas de Mercado de Capitais.

Comparar Valor de Mercado com Valor de Patrim�nio � um tro�o t�o grotesco que n�o vale � pena perder tempo discutindo.

De todo modo, o sr. "Burgu�s" tem raz�o. O movimento "A Vale � Nossa" possue argumentos gritantemente discrepantes, pois carece de embasamento para discutir a quest�o.

O autor, que � bacharel em Direito pode e deve contestar algum erro jur�dico na Privatiza�o da Vale, este seria o �nico argumento plaus�vel em favor da anula�o da privatiza�o.

Como, aparentemente, o instrumento de aliena�o do controle acion�rio � objeto jur�dico perfeito, bueno, acho que est�o gritando para ouvir o pr�prio eco.


Sauda�es,
Andr� Roberto Finken Heinle
Graduando em Ci�ncias Econ�micas
Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Representante Comercial e Ilustre Pagador de Impostos, FELIZ com a Privatiza�o da CVRD.

 
Às 30/8/07 1:22 AM , Blogger Sr. Burguês disse...

A verdade é uma só. Não há como existirem varias verdades, se as coisas acontecem por determinadas razões objetivas. Mas isso já é filosofia...
Quem me dera fosse uma profissão, já estaria milhonario se ganhasse um real pra cada discução que participo! É só hobby mesmo.
Acontece que esse plebiscito é tendencioso, desonesto e já direciona as pessoas para uma unica resposta. Não há um verdadeiro debate, pois isso foi organizado de e para um certo segmento da sociedade. As próprias perguntas são uma vergonha, totalmente parciais, uma verdeira manipulação!
Debate de verdade foi o que houve na época do referendo, onde as 2 frentes puderam se formar simultaneamente, com tempo e espaços iguais para divulgar seus argumentos, e com uma pergunta objetiva e neutra, nada a ver com esse arremedo de plebiscito que estão tentando enfiar pela goela abaixo das pessoas...
Agora vou começar a resposta que fiquei devendo:
O que foi vendido não foi o patrimonio da Vale, muito menos suas reservas minerais - que na verdade não possuia, já que quem as possui é o Estado, a Vale detinha apenas o direito de exploração. O que foi vendido foram os 41,73% das ações ordinárias da Vale, sendo que a totalidade dessas ações valiam na casa dos U$9 bi. Fazendo os calculos, pode-se comprovar que a Vale foi sim, vendida pelo seu preço justo.
Dai vc vem e diz um dos maiores bola-fora do seu tópico: diz que quando a Vale ainda era estatal ainda dava lucro, e pra provar isso, coloca um dado de 2006... 9 anos depois da privatização!!! Hwahwhawha!!!
E da onde vc trou esse numero de 10 mil demissões???? Isso é mentira, e eu provo: em 1996, a vale tinha exatos 15.483 funcionários. Depois da privatização, tinha 11.442, e atualmente, graças ao crescimento da empresa, tem mais de 41 mil funcionários, isso sem contar os empregos indirétos! Alem disso não devemos nos esquecer que antes a Vale era um verdadeiro cabide de empregos, e justamente esse excedente de pessoal sem capacitação técnica que só estava lá pq era apadrinha politico é que foi mandado embora; os verddeiros trabalhadores da Vale não foram demitidos, pelo contrario, até foram contratados mais!
Na época da privatização, FHC deu a possibilidade de que os trabalhadores usassem o FGTS para comprar ações da Vale, e os que fizeram isso, hoje são donos de um patrimonio 20 vezes maior do que o investido. Diversas empresas compraram ações da Vale, sendo que hoje, suas principais acionistas, são empresas brasileiras de previdencia privada. E isso significa o que? Significa que o maior acionista da Vale é o trabalhados brasileiro! Hoje sim, a Vale é do povo! Reestastiza-la significa faze-la voltar as mãos do Estado, onde passara a ser uma peça dos joguinhos politicos de Brasilia, instrumento de barganha para formar alianças governamentais, e cabide de empregos. Sem contar levar milhares de trabalhadores a perderem suas aposentadorias, e a fuga de milhões, senão bilhões, de investimentos. Anular o leilão, significa dar a luz a um projeto politico-econômico que irá afundar o Brasil e f***r com o trabalhador.
Ta bom ou quer mais?

 
Às 30/8/07 1:37 AM , Blogger Sr. Burguês disse...

Ah, sim, e sobre essa fantasia de neo-liberalismo e o projeto neo-liberal de FHC... acho que essa vai ser a 3a vez que falo isso aqui: isso non eqxiste!
Primeiro: me diga um nome de um autor, um único que seja, apenas um, autor que pertença a essa corrente neo-liberal e que se auto-denomine pertencente a ela, me diga aonde essa corrente surgiu, e com quem surgiu. Vou esperar deitado, pois esse é um desafio que vc nem ninguém pode vencer por uma única razão: não existe neo-liberalismo. Isso é um jargão pejorativo inventado pela esquerda.
Segundo: acreditar que FHC era "neo-liberal" é no mínimo, ingenuidade. Uma análise do índice de liberdade econômica do Brasil vai mostrar que, no geral, o aumento da liberdade econômica no Brasil durante o governo de FHC foi irrisório, tirando um ápice durante o período das privatizações, mas que logo veio a decrescer Isso porque a análise esquerdista é falha, ela peca por não ver todo o contexto do governo FHC, que acabou por hipertrofiar o Estado. Aumentar os impostos, aumentar os gastos públicos, aumentar a regulamentação, entre outras cosas que o FHC fez, não fazem parte de nenhuma política liberal, na verdade, são o extremo oposto delas! Ou seja, tirando pelas privatizações, FHC não teve nada de liberal. Foi um verdadeiro social-democrata, na melhor acepção européia da palavra.

 
Às 31/8/07 1:40 PM , Blogger Lara disse...

Vi a propaganda desse plebiscito ontem, muito interessante... :)

 
Às 31/8/07 11:02 PM , Blogger Jefferson disse...

Não vou perder muito tempo pensando em razões para manter a Vale como está. Quando Estatal, era uma empresa deficitária. Hoje, ela lucra, e o Estado recebe dela tributos. Ou seja: além de não ter o Erário onerado, ainda recebe uma "graninha". Pra mim tá mais do que bom.

By the way, muito legal o scrap que você mandou pro Sapeca, nosso ainda ex futuro sei la o quê presidente. De esquerda, mas ao menos bem humorado!

 
Às 6/9/07 9:48 AM , Blogger Celso Lungaretti disse...

De um lado a Vale servirá aos predadores privados, de outro será cabide de emprego para os parasitas do Estado.

Como homem de esquerda, não vejo nem nunca vi motivo para apoiar o capitalismo de estado contra o capitalismo selvagem ou vice-versa. É tudo capitalismo.

Parece que estamos voltando aos tempos do "petróleo é nosso"...

Temos de encontrar alternativas ao estágio atual do capitalismo, não regredir ao nacionalismo que já foi para a lata de lixo da História - felizmente!

Se o capitalismo se globalizou, o que vier depois dele também será global. Por que, diabos, em vez de lutarmos pela revolução internacional, vamos perder tempo e desperdiçar esforços para que uma empresa para a qual nunca demos a mínima seja reestatizada?

 
Às 6/9/07 11:52 AM , Blogger Marciel disse...

Não seria esse um novo Tatuírismo.
A verdade é que por um lado os ingênuos querem as coisas nas mãos do Governo, mas por outro lado tem os espertalhões que só querem tirar proveito do Governo.
Não é essa uma forma de deixar-mos um lobo ainda mais perigoso que a raposa para cuidar do galinheiro?

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats