29 julho 2007

“Ruim com eles...”


Hoje em dia, ninguém mais contesta a que a invasão ao Iraque seja um verdadeiro fracasso, que os estadunidenses sabiam que não existia bombas de destruição em massa e que o motivo principal eram os poços de Petróleo.

Depois da fantástica invasão televisionada, deposição do governante e seu enforcamento, as tropas estadunidenses ainda não conseguiram conquistar a confiança do povo, muito menos lhes dar segurança, todos os dias, os noticiários nos mostram vários mortos em atentados. A população dos EUA também estão vendo isso, a oposição ganha cada vez mais força, e a pressão pela retirada dos soldados para que terá êxito.

Mas isso gerará um problema ainda maior, o Iraque mergulhará numa guerra civil sem precedentes, afinal, as instituições não estão solidificadas, muito menos a guarda iraquiana possui efetivo para garantir a segurança.

Então o que fazer? Ora, não temos um ditado que diz: “quem pariu que o embale!”? Cabe agora à maior potência mundial, que causou o caos, dar um jeito de resolve-lo, simplesmente lavar as mãos e abandonar o país é covardia. Apesar de Saddam ser um ditador (no conceito ocidental do termo), pelo menos no Iraque existia uma certa ordem, que aliás, está longe de ser reconquistada.

25 julho 2007

A Polícia do Mundo prepara uma nova Operação:


Todo mundo sabe, até mesmo aqueles que tentam nega-la, que os EUA julgam-se a Polícia do Mundo, guardião da moral, da ética, da propriedade e da democracia, que o digam a Palestina, Iraque, Afeganistão, América Latina e afins...

Recentemente, a Secretária de Estado dos EUA, Condoleezza Rice afirmou: “há uma transição a caminho em Cuba” e reiterou que seu país “não vai tolerar uma transferência de poder de um ditador para outro”.

Ora, um absurdo! Os EUA querem novamente intervir na soberania de um País. Cadê a ONU e os demais organismos internacionais? Não se pode jamais admitir qualquer intervenção estrangeira, de quem quer que seja, sobre um assunto que diz respeito somente ao povo cubano, e quando digo povo cubano, não incluo os riquinhos que fugiram para Miami e esperam a morte de Fidel, para com o apoio da CIA, recuperar suas propriedades em Cuba, mas sim aqueles que vivem na Ilha e a cada dia dão uma mostra de que o Capitalismo não é a única via.

A Ilha de Cuba, outrora uma simples colônia de férias da burguesia estadunidense, depois de Revolução de 1959, transformou-se radicalmente: completamente alfabetizada, com uma medicina super avançada (compramos vacinas de Cuba), uma potência esportiva, uma qualidade de vida superior à brasileira e diga-se, tudo isso conseguido apesar do criminoso embargo econômico promovido pelos EUA e aceito passivamente pela ONU.

Se com a morte de Fidel a Revolução Socialista acaba ou não? É o povo cubano quem deve decidir, e não outro país. Caso contrário, vou ter que aderir à campanha pelo voto universal e mundial nas eleições estadunidenses, afinal de contas, se são eles os governantes do mundo, eu, como habitante do mundo, tenho o direito de escolher meus representantes.

21 julho 2007

Notícia e Censura:

Já me reportei em outros textos, que nem tudo o que vemos nos noticiários diários é o “supra sumo” dos acontecimentos daquele dia, muito pelo contrário, as pautas são escolhidas conforme a conveniência daquele que as escolhe, vamos a dois exemplos:

Na América Latina, cerca de 500 mil pessoas ficam cegas por ano, a maioria devido a complicações tratáveis. Assim, Cuba e Venezuela estão desenvolvendo um programa que visa fazer 6 milhões de cirurgias de catarata em 10 anos, algo fantástico, ainda mais vindo de países subdesenvolvidos, detalhe, totalmente de graça e não apenas para a população de seus países, os dois governos estão disponibilizando aviões para buscar e levar pacientes de todo o continente. Agora eu lhe pergunto: Você viu esta notícia na Globo, Estadão, Folha, Record e etc? É claro que não! Mas com certeza você viu sobre o São Paulo Fashion Week, sobre a etiqueta urbana da dona Glória Kalil e também as dicas de como arrumar um bom emprego (aquela historinha de que você não é um explorado, mas sim um colaborador). Existe democracia da informação? Existe Independência?

Outro Exemplo: No último ano, foram produzidos no Brasil mais de 1000 filmes/documentários independentes. Sabe quantos foram exibidos nos veículos privados de comunicação? Apenas 21. Será que isso também não é censura? Um conglomerado econômico utiliza-se de uma concessão pública para decidir o que você vai ver/gostar e o que não.

Por estas e outras que a cada dia que passa acredito ainda mais na urgente necessidade de uma TV Pública no Brasil.

12 julho 2007

Pesquisa em Gramsci:


Os leitores mais assíduos conhecem minha aversão pelos Blogs do tipo "diários de adolescente", mas desta vez vou abrir uma exceção. Quase nunca comento sobre a minha vida, mas este post é para isso e também para, quem sabe, estabelecer novas parcerias, ainda mais depois que instalei o Google Analytics, e pude descobrir de onde vêm os acessos à este Blog.

Protocolei esta semana na Faculdade, um Projeto de Iniciação Científica com o título: "Perspectivas gramscianas para o entendimento do contexto latino-americano no Tempo Presente", com orientação do Professor Doutor Alexandre Busko Valim, assim, os leitores que por acaso conheçam a teoria de Gramsci ou mesmo possuem um bom entendimento sobre o contexto Latino-Americano atual podem/devem entrar em contato. Segue abaixo o Objetivo Geral e Específico do Projeto.

Objetivo geral: Fazer uma revisão bibliográfica de trabalhos relacionados ao pensamento de Antonio Gramsci em alguns países latino-americanos, sobretudo aqueles publicados nos últimos 10 anos.

Objetivos específicos:
01. Discutir brevemente como a teoria gramsciana tem sido adotada em alguns estudos sobre os meios de comunicação no Brasil e em outros países do Cone Sul;
02. Discutir como o pensamento gramsciano pode ser adotado para explicar a globalização e sua influência na América Latina;
03. Pontuar a atual conjuntura política em alguns países da América Latina, e o que a teoria gramsciana pode contribuir para sua explicação.

Obs: Durante os dias 13 a 20 de julho estarei em São Leopoldo/RS, participando do "XXIV Simpósio Nacional de História" e provavelmente este Blog não será atualizado neste período. Desde já peço minhas desculpas aos leitores.

09 julho 2007

Dependência Perigosa:


Minha Faculdade é em outra cidade, moro em Nova Londrina e estudo em Paranavaí, cerca de 75 Km de distância, o pessoal todo da cidade vai em um ônibus da prefeitura e neste longo caminho, diversos assuntos vêem à toma. Não gosto muito de falar de assuntos locais, até porque este Blog está um pouco escaldado, mas vamos aos fatos.

O debate girava em torno de um assunto que está na boca do povo: o desenvolvimento regional, como gerar mais empregos e renda para a cidade de Nova Londrina e etc... logo, um dos alunos disse que Nova Londrina precisaria em uma indústria que construísse máquinas colheitadeiras de cana-de-açúcar para serem vendidas às Usinas da Região, afinal seria uma empresa que geraria bons salários devido a alta tecnologia e também porque a região é estritamente dependente da produção de álcool.

Um despautério! Logo me insurgi contra esta idéia com o seguinte argumento: Caso a Usina de Álcool da cidade comprasse tais maquinários, mais de 50% de Nova Londrina iria à bancarrota absoluta. A reação imediata foi o argumento simplista de que não existem tantos “bóias-frias” assim na cidade.

Claro que a metade da cidade de Nova Londrina não é composta por cortadores manuais de cana de açúcar, no entanto, o que meu interlocutor não entendeu (o que aliás estranhei, por tratar-se de um aluno do curso de Administração) é que caso os “bóias-frias” de Nova Londrina percam o emprego, o barzinho da esquina não vende, o mercadinho do bairro idem, a farmácia também não, muito menos o comércio local, ou seja, uma grande bola de neve levará a falência de no mínimo 50% da população novalondrinense, afinal, quem gira dinheiro no município são os “pobres”, porque os “ricos” podem ir comprar nas grandes cidades da região...

Minha sugestão parece óbvia, Nova Londrina precisa fugir da estrita dependência agroindustrial, e investir em outros setores de produção, até porque a compra de máquina colheitadeiras de cana-de-açúcar pela Usina local é uma questão de tempo.

07 julho 2007

Este Blog...


Na última semana, este Blog recebeu do companheiro Omar, do Blog “Formador de Opinião” algumas indicações honrosas. Primeiro foi sobre uma eleição do “Blog com Tomates” que pretende eleger aqueles que mais defendem os direitos humanos, e este Blog foi indicado pelo Omar, aliás, nunca parei pra pensar na defesa dos Direitos Humanos, acho que isso está na raiz da minha visão de mundo, então é para mim algo natural.

Outra indicação, também do Omar, veio por conta da eleição das 7 maravilhas da Blogosfera. Não posso negar minha gratidão e felicidade com tal referência, afinal, um simples Blog que pretende apenas mostras “o outro lado da notícia”, está rendendo frutos.

Então não posso deixar de indicar os meus concorrentes, os 5 tomates são: “Blog do Prof. Toni”; “Blog da Luta”; “Desabafo País”; “Mundo em Movimentos” e “Blog do Catatau”. E as sete maravilhas acrescentam-se os Blogs do “Márcio Pimenta” e o do “Omar”. Todos com link na barra ao lado, afinal, não sei colocar links no próprio texto.


Enfim, agradeço a indicação do “Formador de Opinião”, mas principalmente, agradeço à todos aqueles que visitam o Blog e dedicam um pouco mais de seu tempo à comentar.

06 julho 2007

Ao mestre...


A cada dia que passa, ler as obras do historiador inglês Eric Hobsbawm, tem se tornado uma experiência ainda mais prazerosa, só comparada aos textos sobre a nossa América Latina e sobre o pensamento e ação do italiano Antonio Gramsci.

Falar de Hobsbawm logo lembramos de suas “Eras”: Era dos Impérios, Era do Capital e a Era dos Extremos, três excelentes volumes que resumem três séculos de história em mais de 1.500 páginas de uma leitura prazerosa, aliás, sua forma de escrever “conversando com o leitor” nos prende ainda mais em seus textos.

Mas tem um livro em especial que aprecio muito, “Sobre História”, um livro de teoria, que contém mais de 20 palestras feitas por Hobsbawm ao redor do mundo, sempre pontuados com diversos exemplos históricos, sua erudição é fantástica! Até mesmo para os não historiadores a leitura será agradável, aliás, muitos o consideram o maior historiador vivo.

Segue trecho de uma palestra feita em 1994, intitulado “Barbárie: manual do usuário”, ao comentar os ataques feitos por Saddam com armas químicas em 1987:

“Por que tão pouca indignação? (...) o governo britânico e outros governos do mundo democrático e liberal, longe de protestarem, mantiveram-se calados e fizeram o máximo para manter seus cidadãos no escuro, a medida que incentivavam seus empresários a venderem mais armas para Saddam, inclusive o equipamento para envenenar com gás os seus cidadãos. Não se indignaram até que Saddam fez algo genuinamente insuportável. Não preciso lembrar a vocês o que ele fez: atacou os campos de petróleo que os EUA consideravam vitais.”

Aos liberais de plantão, não adiantam aqui colocar o simples argumento que a afirmação acima não passa de “indignação de esquerdista frustrado”, leiam o livro todo e o texto em particular que entenderão do que estou falando.

03 julho 2007

Carta aberta a Renan Calheiros


Recentemente, circulou pela Internet, uma Carta Aberta ao Senador Renan Calheiros, muito boa por sinal, publicada no Jornal Extra Alagoas, com autoria de Mendonça Neto, cuja conclusão eu posto abaixo:

“Vou reproduzir aqui o que você declarou possuir de bens em 2002 ao TRE. Confira, tem a sua assinatura: 1) Casa em Brasília, Lago Sul, R$ 800 mil, 2) Apartamento no edifício Tartana, Ponta Verde, R$ 700 mil, 3) Apartamento no Flat Alvorada, DF, de R$ 100 mil, 4) Casa na Barra de S Miguel de R$ 350 mil E SÒ. Você não declarou nenhuma fazenda nem uma cabeça de gado!! Sem levar em conta que seu apartamento no Edifício Tartana vale, na realidade, mais de R$ 1 milhão e sua casa na Barra de São Miguel, comprada de um comerciante farmacêutico, vale R$ 3.000.000.

Só aí, Renan, você DECLARA POSSUIR UM PATRIMONIO DE CERCA DE R$ 5.000.000. Se você, em 24 anos de mandato, ganhou BRUTOS, R$ 2 milhões, como comprou o resto? E as fazendas, e as rádios, tudo em nome de laranja? Que herança moral você deixa para seus descendentes. Você vai entrar na história de Alagoas como um político desonesto, sem escrúpulos e que trai até a família. Tem certeza de que vale a pena?

Uma vez, há poucos anos, perguntei a você como estava o maior latifundiário de Murici. E você respondeu: "Não tenho uma tarefa de terra. A vocação de agricultor da família é o Olavinho". É verdade, especialmente no verde das mesas de pôquer!

O Brasil inteiro, em sua maioria, pede a sua cassação. Dificilmente você será condenado. Em Brasília, são quase todos cúmplices. Mas olhe no rosto das pessoas na rua, leia direito o que elas pensam, sinta o desprezo que os alagoanos de bem sentem por você e seu comportamento desonesto e mentiroso. Hoje, perguntado, o povo fecharia o Congresso. Por causa de gente como você!”

Carta inteira em: http://campanhareagebrasil.blogspot.com/2007/06/carta-aberta-ao-senador-renan-calheiros.html



Free counter and web stats