07 abril 2007

Baseado em Gramsci:

O pensador Italiano Antonio Gramsci, que padeceu no cárcere de Mussolini, é um dos expoentes na revisão e adaptação das formulações marxistas ao século XX, é dele conceitos como “Estado Ampliado”, “Hegemonia e Contra-Hegemonia”, “Guerra de Posição” e muitos outros. Mas o presente texto, baseia-se no conceito gramsciano de “Intelectual”.

Existem dois tipos de Intelectuais: os “Tradicionais” e os “Orgânicos”. Os Tradicionais são aqueles que vivem em seus palácios acarpetados e arcondicionados, com um belo conhecimento teórico mas sem muita praticidade, preferem os discursos à ação. Já os Orgânicos, apesar de muitas vezes não deterem tanto conhecimento teórico, vivem no meio do povo, e muitas vezes surgem nos conflitos, faça chuva ou faça sol, estão ouvindo e organizando as massas em favor das suas reivindicações.

De uma forma simplista, podemos pegar emprestado tal conceito de Intelectuais e adaptarmos ao caso concreto, na questão de dirigentes/lideres. Em outras palavras, os Dirigentes Tradicionais são a elite, que ao tentar liderar a massa pensam mais ou menos assim: “Nós somos mais capacitados, mais inteligentes e estudados, logo, nós sabemos a melhor solução para os problemas que atingem a todos. Assim, vocês devem seguir incondicionalmente todas as nossa ordens, manifestando-se quando nós mandamos ou autorizamos, e da forma ordeira que queremos. Tal direito ao protesto serve apenas para pacificar vocês, enquanto nós continuamos a decidir o rumo que será melhor para todos”.

Já os Dirigentes Orgânicos pensam justamente o contrário, adoram um debate e uma reunião, querem que as massas sejam informadas de todos os pormenores da questão no intuído da tomada de conscientização e uma luta verdadeira e justa.

Os Orgânicos podem não saber exatamente as etapas do processo, e muitas vezes trocam os pés pelas mãos, mas sempre estão no meio do povo. Agora, olhe para as suas lideranças e veja em qual dos conceitos ela se enquadra. Reflita sobre a questão!

12 Comentários:

Às 7/4/07 3:22 PM , Blogger Fanzine disse...

OI Cássio
vc me autoriza usar seu texto no fanzine que façoo com uns amigos?!
gostei muito dele.
me dá um toque. blz?

se quiser envie o texto p/
zinerevolucao@gmail.com


Valeu.

 
Às 7/4/07 3:23 PM , Anonymous clareanna disse...

OI Cássio
vc me autoriza usar seu texto no fanzine que façoo com uns amigos?!
gostei muito dele.
me dá um toque. blz?

se quiser envie o texto p/
zinerevolucao@gmail.com


Valeu.

 
Às 7/4/07 4:01 PM , Blogger Claudia Marra disse...

Oi Cássio. Gosto muito do seu blog. Refletindo sob a questão por você posta, certamente, somos governados pelos Intelectuais Tradicionais. Cada vez mais eu tenho certeza que, ao assumir o poder, todo e qualquer discurso de uma liderança acaba se resumindo em mera teoria. Abraços.

 
Às 8/4/07 7:02 PM , Blogger Amelie disse...

Adorei o post.

Essa noção de intelectual tradicional x orgânico é muito interessante.

Estava lendo sobre isso outro dia. Baita coincidência.

Abraço!

 
Às 8/4/07 7:45 PM , Blogger Lara disse...

Eita moço...
Boa páscoa!
:)

 
Às 8/4/07 8:43 PM , Blogger Dorian disse...

As idéias de Gramsci são contraditórias. Principalmente sua teoria da hegemonia. Não seria o comunismo, algo que ele dedicou sua vida literalmente, uma forma de hegemonia? Uma forma de cooptação ideológica? Ou uma idéia hegemônica só existe se partir da classe dominante? É um bom debate...
Ele também tem a mancha negra em sua biografia de ser um dos defensores do governo de Stalin, um dos maiores assassinos da história. Por último, sua obra teórica só nasceu devido a Mussolini ter permitido que mesmo preso, Gramsci pudesse escrever. Irônico, não? Pois aos inimigos do comunismo quando não era uma bala na cabeça era o frio da Sibéria...

 
Às 9/4/07 9:47 AM , Blogger Omar disse...

Cássio, me perdoe discordar de vc desta vez, mas certamente, ao escrever este post, vc deveria estar pensando nos nossos dois últimos presidentes, né?
Pois bem, eu nunca fui muito fã dessa visão "lulo-petista" de escarnecer do conhecimento teórico, e exaltar, como único conhecimento respeitável, o prático. Penso, q a teoria sem a prática, é inútil, porém entendo tb, q a recíproca é verdadeira.
Respeito esta característica na personalidade do Lula de saber o q o povo pensa, por ter um dia, feito parte dele, mas abomino esta mania q ele tem de achar q a bagagem adquirida no movimento sindical lhe bastava p/ ser presidente da República. A prática sem a teoria limita o conhecimento, e no caso do Lula, a cada dia, a cada crise, a cada situação na qual ele deve tomar uma decisão, isso fica mais evidente.
Não me leve a mal, Cássio, mas esta forma de pensar, tão disseminada no meio petista, é mais preocupante do q gratificante.
Abraços, e parabéns pelo aniversário do seu blog! O do meu está chegando por aí, tb!

 
Às 9/4/07 12:04 PM , Blogger R.C disse...

Estou para conhecer um lider organico sequer, Cassio.

abrax

RF

 
Às 9/4/07 1:32 PM , Blogger Cássio Augusto disse...

Respondendo ao leitor...

Caro Omar... em momento algum passou pela minha cabeça a relação dos ex-presidentes... inclusive concordo com sua crítica...

 
Às 9/4/07 2:04 PM , Anonymous Anônimo disse...

"Já os Orgânicos(...) estão ouvindo e organizando as massas em favor das suas reivindicações."

Hummm...
Então quer dizer que os intelectuais orgânicos são padeiros, arquitetanto a Revolução dos Pãezinhos???

 
Às 14/4/07 11:17 PM , Anonymous Sérgio Gini disse...

Salve Cassio

Fico feliz que o nosso curso de Gramsci tenha valido a pena. Apesar de existirem caras aí como o Dorian, o maior teórico do marxismo renovado continua influenciando milhares de pessoas em todo o mundo!
Parabéns pelo blog!

 
Às 15/4/07 1:50 AM , Anonymous Anônimo disse...

"Apesar de existirem caras aí como o Dorian"
Qual é o problema com o Dorian? Ele deu a opnião dele e a fundamentou com argumentos factiveis. Só porque ele considera (e demonstra) os prolemas da logica de Gramsci ele não merece respeito?
Enquanto milhares de pessoas estiverem sendo influênciadas por essa ideologia retrograda, iremos todos continuar na mesma nhaca que já estamos...

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats