25 fevereiro 2007

Pobre Classe Média

O mundo dos Blogs é mesmo fascinante, podemos conhecer muitas pessoas e muitas opiniões, no recente post sobre a Redução da Maioridade Penal, o mais comentado até agora, ganhou até do post sobre o Aumento de Salário dos Congressistas, tive a grata surpresa de conhecer a composição abaixo, e gostaria de dividi-la com todos:

Classe Média
Max Gonzaga

Sou classe média
Papagaio de todo telejornal
Eu acredito
Na imparcialidade da revista semanal
Sou classe média
Compro roupa e gasolina no cartão
Odeio “coletivos”
E vou de carro que comprei a prestação
Só pago impostos
Estou sempre no limite do meu cheque especial
Eu viajo pouco, no máximo um pacote cvc tri-anual
Mais eu “to nem ai”
Se o traficante é quem manda na favela
Eu não “to nem aqui”
Se morre gente ou tem enchente em itaquera
Eu quero é que se exploda a periferia toda
Mas fico indignado com estado quando sou incomodado
Pelo pedinte esfomeado que me estende a mão
O pára-brisa ensaboado
É camelo, biju com bala
E as peripécias do artista malabarista do farol
Mas se o assalto é em moema
O assassinato é no “jardins”
A filha do executivo é estuprada até o fim
Ai a mídia manifesta a sua opinião regressa
De implantar pena de morte, ou reduzir a idade penal
E eu que sou bem informado concordo e faço passeata
Enquanto aumenta a audiência e a tiragem do jornal
Porque eu não “to nem ai”
Se o traficante é quem manda na favela
Eu não “to nem aqui”
Se morre gente ou tem enchente em itaquera
Eu quero é que se exploda a periferia toda
Toda tragédia só me importa quando bate em minha porta
Porque é mais fácil condenar quem já cumpre "pena de vida"

3 Comentários:

Às 25/2/07 11:19 AM , Blogger Glauco disse...

Legal o poema...
Sou classe média, mas nem por isso odeio coletivos, sempre que preciso eu os uso...
mas como dizia Cazuza, nem todo burguês é mau...

 
Às 25/2/07 5:04 PM , Blogger Augusto disse...

É por isso q é necessário companheiro, que aja um meio de comunicação social, voltado para a informação de qualidade e (r)evolucionária. Vc é sempre muito perspcaz e sabe exatemente como usar as palavras, foi muito feliz com este artigo, caso ache interessante publiqueo. Um grande abraço.

obs. perdoe os erros de linguagem.

 
Às 2/3/07 10:26 PM , Blogger Dorian disse...

Bastante criativa a letra. Exagera um pouco com o objetivo de esteriotipar, mas acredito que foi intencional. Tava indo muito bem até chegar na última frase:
'Porque é mais fácil condenar quem já cumpre "pena de vida"' Essa foi mal. É a famosa tese intelectualóide de que a pobreza deve ser usada como desculpa para ser bandido.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats