11 dezembro 2006

Solidariedade...

No último sábado, ajudei a coordenar o “arrastão” da Campanha do Alimento do Natal aqui de minha cidade, já é o segundo ano que participo ativamente, e minhas impressões da primeira vez foram mais que confirmadas este ano.

Convidamos diversas entidades, empresas, órgãos públicos, igrejas para ajudar neste “arrastão”, mas, como de costume, apareceram as mesmas pessoas de todos os anos, salvo louváveis exceções.

Mas o mais intrigante é que a arrecadação maior é conseguida justamente nos bairros mais pobres, isso mesmo, onde mais se necessita é onde mais se divide, isso sem falar na receptividade das pessoas. Teve até um caso de uma mulher, da alta sociedade, estudada, que até faz leituras na missa, que eu considerava, mas que tratou muito mal o pessoal e os mandou pedir alimento para o Lula, veja se pode?

Sei que a simples entrega de Cestas Básicas durante o Natal não resolve o caos social a que o Brasil sempre este metido, mas você não sente vergonha de ter uma enorme mesa na Ceia de Natal, enquanto muitas pessoas na sua própria cidade não têm sequer o que comer? Eu sinto, e é por isso que faço a minha parte.

Assim, gostaria de agradecer aqueles que ajudaram no “Arrastão” e principalmente aqueles que doaram alimentos, tenham a certeza de que os mesmo serão entregues, e que o verdadeiro sentido do Natal Cristão está sendo feito.

5 Comentários:

Às 11/12/06 5:49 PM , Blogger Juju Mascarenhas disse...

É, na verdade, foi uma salada de sentimentos. :)
Beijo :)

 
Às 13/12/06 1:44 PM , Blogger Rodrigo Valle Barradas disse...

Putz! Podes crêr velho!
É foda quando rola isso. Seria tão simples se todos ajudassem com o que pudessem. Seria extraordinário!
Tem esse lance dos "cristãos", sem generalizar claro, que tem todo aquele lance das belas palavras do dogma cristão e tal, mas as atitudes são tão contrárias, sabe?
É foda mesmo!

Grande Abraço meu velho!

 
Às 14/12/06 1:51 AM , Anonymous Carlinha disse...

Belo exemplo,
você faz sua parte e cabe ao resto aprender o mesmo.
Quem sabe um dia o mundo melhore de vez?
Abraços!

 
Às 15/12/06 10:45 AM , Anonymous Camila disse...

eu tenho vergonha de ter uma enorme ceia todo dia na minha mesa!! o natal nos faz fechar os olhos para o resto do ano?? espírito natalino... natal cristão, religião cristã, td isso é quase saco morto, é necessário transcender a essas idéias medievais que ainda perduram na nossa sociedade contemporânea. sociedade da miséria! as pessoas precisam de vida, não de natal!!!

 
Às 16/12/06 1:06 AM , Anonymous Giceli Warmling disse...

Ow tio Cássio parabéns pelo belo trabalho que vc vem realizando em sua cidade...é um exemplo a ser seguido....com suas palavras lembrei-me de Hotel Ruanda(?)...realmente ao chegar a linda noite de Natal onde alguns poucos estarão a frente de uma linda mesa de Natal muitos estarão passando fome..e nesse dia tão especial que representa tantas coisas boas e que deveria ser um dia de fraternidade poucos ou quase ninguém se lembrará de que lá fora muitos vão passar o Natal com a barriga vazia..sei que uma cesta pode parecer pouco, pode alimentar durante aquela noite, mas só o fato de naquele dia poderem estar juntos e literalmente repartir o pão já é bom d+...por isso mais uma vez Parabéns pelo belíssimo trabalho!!!!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats