03 dezembro 2006

Sobre “O Pequeno Príncipe”:

Costumo colocar neste Blog, algumas “dicas” de filmes e livros que gostei e que gostaria que as pessoas que aqui visitam tivessem também o interesse de ver e ler tais, pois acredito que tem algo de muito bom para todos. Pois bem, esta semana está ali do lado a dica do filme “Narradores de Javé”, mais um excelente filme brasileiro, e o livro “O Pequeno Príncipe”.

É justamente este o problema, algumas pessoas, desinformadas, vieram questionar sobre a dica do livro, insinuaram o porque de um estudante de história, metido à revolucionário indicar um livro infantil. Pobres coitados, acho que nunca leram o livro.

O livro “O Pequeno Príncipe” tem muito pouco de infantil, é lógico que uma criança ao lê-lo achara a história do Principezinho, sua flor e seu carneiro muito interessantes, ainda mais as suas andanças pelos “planetas” vizinhos, atiça a imaginação. Entendo que na verdade, o livro é um tapa na cara de nós, adultos, fechados em nosso “mundinho sério”, pois será que não nos parecemos com o rei, o vaidoso, o bêbado, o homem de negócios, o acendedor de lampiões, o geógrafo ou o guarda-chaves? Acredito que com todos eles, cadê a nossa inocência de crianças? Como diria Saint-Exupéry: “Todas as pessoas grandes foram um dia crianças. (Mas poucas se lembram disso)” Você lembra?

Criança sempre pergunta as coisas, na sua inocência e curiosidade de exploradores do mundo, e nós não temos paciência para responder, porque? Já esquecemos que um dia fomos nós que perguntamos... É mais fácil nos fecharmos na nossa rotina, segura, do que questionarmos os porquês da vida... leiam “O Pequeno Príncipe” a sua vida vai mudar! Credo, isso ta parecendo auto-ajuda.

13 Comentários:

Às 4/12/06 1:04 AM , Blogger Rodrigo Valle Barradas disse...

Nossa Senhora!
Mais é justamente o que penso sobre o livro. E esse livro é extraordinário. O tenho aqui na minha casa pois fiz questão de tê-lo. E é justamente isso, é uma tapa em nosas caras, sobre nosso individualismo quando nos tornamos adultos. Exupéry foi um gênio ao escrevê-lo. Genial, farei quesão de mostralo ao meus filhos quando nascerem, mas claro farei questão de explica-lo.

Grande Abraço Cassio.
Andei meio sumido, pois estou meio enrolado na Faculdade!

 
Às 4/12/06 9:14 AM , Blogger Celo Martins disse...

Esse livro é um espetaculo, tb recomendo (Quem sou eu, né?), agora eu vou atras do filme para assistir...
Belas dicas
Valeu!

 
Às 4/12/06 12:43 PM , Anonymous Carlinha disse...

Eu tenho o livro, e este ano o li mais uma vez.
Aplicável na vida de todos, em todas as idades.
Somos responsáveis por aquilo que cativamos.
Um grande abraço!

 
Às 4/12/06 12:52 PM , Blogger Mariana Valadares - Poucas e Boas da Mari disse...

Amei as dicas. O filme ainda não assisti (farei isso com urgência) e o livro, não tem o que falar. Já li algumas vezes...lição para todas as fases da vida.

Sempre bom o seu blog, Cássio.

 
Às 4/12/06 7:58 PM , Anonymous Anônimo disse...

Nossa estou deliciosamente encantada, mais encantada seria algo muito utópico, mas posso dizer, que estou assim, feliz, aliviada, em perceber em vc uma pessoa (em suas palavras) tão humana e preocupada em relação ao todo... sabes que vivemos em uma bola onde não se pensa nisso e sim em querer sempre mais, buscar sempre mais, não importanto qtos vc tem que matar pra isso.
Li o livro Pequeno Princípe qdo ainda fazia o curso de Magistério, foi um dos melhores livros que já li, é tão bom ver ao ler este livro com o autor trata sobre algo tão nobre de forma tão simples e que nós seres humanos "tidos" com tais, complicamos tanto...
São de pessoas com vc que Nova Londrina está precisando, que não fica apenas na margem, mais que consegue enxergar mto além...
Um abraço e até.
Liliane (Lica).

 
Às 5/12/06 10:35 AM , Anonymous Astéria disse...

O Pequeno Príncipe me acompanha há muito tempo, é meu livro de cabeceira... As pessoas riem quando falo isso. Acredito que nem todas estão preparadas para entender a sua essência. Que bom encontrar alguém que consegue traduzir exatamente o que ele expressa.

 
Às 5/12/06 11:23 AM , Blogger Felipe disse...

o Pequeno Príncipe é muito bom. Naum sei onde ouvi q é um livro pra ser lido qndo se é criança, uma vez qndo se ja é adulto e outra vez qndo se é idoso.
Curti seu blog..
Vou colocar no meu recomendados...
flw

 
Às 5/12/06 11:23 AM , Blogger Felipe disse...

o Pequeno Príncipe é muito bom. Naum sei onde ouvi q é um livro pra ser lido qndo se é criança, uma vez qndo se ja é adulto e outra vez qndo se é idoso.
Curti seu blog..
Vou colocar no meu recomendados...
flw

 
Às 5/12/06 12:22 PM , Anonymous Paulo Duarte disse...

Excelente colocação sua!
Um ótimo livro, ainda o tenho bem mantido!
Cordial Abraço,
Paulo Duarte

 
Às 5/12/06 1:06 PM , Blogger Dorian disse...

Olá Cássio,

Obrigado por me linkar em seu Blog.

Parabéns pelo post!

Abraço.

 
Às 5/12/06 2:08 PM , Blogger Lara disse...

Quem acha que ess livro é um mero livro infantil realmente perdeu muita coisa importante da infância para cá....
Gosto da história desede pequena e gosto cada vez mais, porque descubro elementos que nunca tinha percebido antes...
Vou reler!
Bju e Boa semana migo! :)

 
Às 5/12/06 2:08 PM , Blogger Lara disse...

Quem acha que ess livro é um mero livro infantil realmente perdeu muita coisa importante da infância para cá....
Gosto da história desede pequena e gosto cada vez mais, porque descubro elementos que nunca tinha percebido antes...
Vou reler!
Bju e Boa semana migo! :)

 
Às 7/12/06 2:07 PM , Anonymous André disse...

Caralho!
Sou ator, e ja motamos o pequeno príncipe, e como tu disse.Muitas pessoas acham "infantil", é ai o engano prevalece.Quando a gente apresentava iam crianças acompanhadas de seus pais, pais esses que ficavam com aquela cara de "Porra meu, que faço em minha vida?" onde, que eu sou igual aos personagens.E depois das apresentaçoes do grupo a gente sentava pra discutir, sobre a apresentaçao etodo mundo meio...se la.Sem graça talvez.Começava a raciocina um poquinho mais sobre a grotesca vida que levava.
Aprendi muito com as pessoas, os pais as crianças que ali nos assistiam, e mais que tudo com essa historia maravilhosa.

Falow cara..

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats