20 dezembro 2006

Ministério da Saúde... ou da Doença???

Todos sabem, ou pelo menos deveriam saber, que quem administra a Saúde do brasileiro à nível Nacional é o Ministério da Saúde, e a nível Estadual e Municipal são as Secretarias da Saúde. Até aí tudo bem, mas será que estes tratam mesmo da saúde?

Infelizmente, ao longo de nossa historia, o Ministério/Secretaria da Saúde está mais para da Doença. Vou explicar: cuidar da saúde é prevenir, no entanto, as políticas públicas têm se preocupado tão somente com o tratar de doenças.

Um Ministério/Secretaria da Saúde deveria estar intimamente ligada ao do Esporte, Cultura, Trabalho, Segurança Alimentar e afins, estudos comprovam que colocar a população em movimento previne inúmeras doenças, e diminui as filas dos nossos caóticos hospitais.

Mas é muito mais cômodo plantar alguns funcionários dentro de um Hospital para tratar de doentes, do que investir na prevenção, cujo resultado não é imediato.

Assim, enganam-se aqueles que pensam que o Ministério/Secretaria da Saúde cuida da Saúde da população, no máximo, cuida-se da Doença do povo. Tudo bem, temos o “Saúde da Família” que é um passo importante para virarmos o jogo, mas não é suficiente.

5 Comentários:

Às 20/12/06 3:22 PM , Anonymous Ana Paula disse...

olá!!!! adorei seu blog!!! e gostei muito do seu perfil... morador de Londrina!! adoro essa cidade... atuante no centro acadêmico de seu curso... demais!!! e ainda blogueiro nas horas vagas, como eu!!! adorei tudo!!!!!

 
Às 20/12/06 11:47 PM , Blogger Dorian disse...

Cássio,
Um dos grandes problemas na gestão da saúde pública é a sobreposição das esferas federal, estadual e municipal em um único serviço público. Essa sobreposição só serve para desviar recursos e dissipar responsabilidades.O ideal seria a alocação de recursos para administração dos governos estaduais e a priorização da construção não de uma grande quantidade de pequenos hospitais e/ou postos de saúde (maquiagem para arrecadar votos), mas de grandes hospitais bem estruturados e aparelhados. Dessa forma esses hospitais atenderiam bem a população eliminando o "jogo do empurra" onde o cidadão faz verdadeira peregrinação por vários hospitais até conseguir um (mal) atendimento (se não morrer antes).
Abraços.

 
Às 21/12/06 1:19 PM , Anonymous Carlinha disse...

Nunca tinha visto por este lado, saúde que cuida de doença.
Faltam ainda programas para tratamento de viciados, já que não combatem com prevenção ideal...
Um grande abraço!

 
Às 21/12/06 4:04 PM , Blogger Rodrigo Valle Barradas disse...

É fato! Concordo contigo. Também nunca tinha visto por essa linha. É verdade... Talvez criando meios e incentivando exercícios e etc... Gastassem bem menos.

Grande Cássio!

Abraços.

 
Às 22/12/06 9:34 AM , Anonymous Jefferson Lima disse...

A verdade é que não estão nem um pouco preocupados com a Doença, e muito menos com nossa saúde!

Ainda tratam os doentes por uma questão de costume, pois nesse empurra, empurra, salva-se um e perde-se milhares, acha que ligam?

é mais uma repartição para desvio de verba, e a única preocupação dos administradores é pegar sua fatia do bolo!!

ai quem sabe com esse “pequeno” descaso desses "representantes" do povo, em meio aos milhares que morrem, vai também algumas dezenas de pessoas críticas, que pensam como você, e assim não tem ninguém para cobrar-lhes, ou pelo menos alertar outros!

e por enquanto esse é o nosso AMADO país!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats