13 novembro 2006

Periferia na Globo:


Pois é, a Rede Globo tem muitos erros, mas também quando acerta merece o nosso elogio, aquele programa da Regina Casé que mostra as periferias do Brasil é excelente.

Neste último domingo me deliciei com a história de um professor de Surf em uma periferia de Fortaleza, simplesmente o máximo, serviu pelo menos para levantar o astral neste início de semana, ah se toda comunidade tivesse pessoas com este compromisso de tirar as crianças das ruelas da vida e lhes transformar não apenas em esportistas, mas principalmente em seres humanos.

A periferia de Moçambique então, uma das melhores reportagens que já vi, não importa onde, periferia é sempre periferia e também tem muita cultura. Regina Casé é excelente na condução das matérias, ela é do povo, parece gostar do que faz, não como um certo Pedro Bial que cruzou o país dentro de um ônibus/casa, falando em revoadas de pássaros, e ninguém mais lembra disso, afinal, não teve importância alguma aquela coisa.

Mas o “Minha Periferia” tem mostrado uma periferia que o Brasil não conhecia, isto é, não é somente bandidos e drogas, há também música, esporte, arte, pessoas que trabalham em prol do bem comum e na busca de uma vida melhor para as pessoas da comunidade, enfim, periferia também é cultura!

4 Comentários:

Às 13/11/06 2:25 PM , Anonymous catatau disse...

Oi Cassio,

Acho que o programa não mostra a periferia ao Brasil, mas a UM CERTO conjunto de brasileiros, uma minoria de classe média e alta, e alheia aos problemas da maioria da população.

Fora isso, trata-se da vida que todo brasileiro conhece: improvisos, tentativa de vencer na vida, vida em meio ao crime e ao tráfico, ausência de direitos, e assim por diante.

Mas penso que há um efeito aterrador nesse programa da CAsé, e nas outras iniciativas da Globo: apenas mostra que a favela tem 'dignidade' (o que qualquer brasileiro que não se protege nos muros da riqueza sabe), que deve ser aumentada sua 'auto-estima', que enfim são pessoas honestas, mas, no fundo, não há proposta alguma de mudança efetiva. Como nas reportagens em que a chamada é: "Ricos e pobres convivem democraticamente nas praias do Rio", e assim por diante...

 
Às 13/11/06 7:05 PM , Anonymous Prof Roberto disse...

oi companheiro, eu nao assisti ao programa, mas pelo que relata são as coisas boas do nosso país que podem dar certo, se houver empenho das ongs, pessoas comprometidas com o social, muitas vezes, nós nao o fazemos pq achamos que naum dá me nada...iniciativas devem ser incentivas e realizadas mesmo que o reconhecimento seja apenas daquela comunidade...valeu pela dica...abraços

 
Às 14/11/06 9:44 AM , Blogger Cássio Augusto disse...

Pois é... concordo integralmente com as críticas do Catatau... mas como disse o Prof. Roberto... acredito que o programa seja excelente no sentido de mostrar iniciativas de melhorias na comunidade... claro que isso ñ tira a responsa do Estado na melhoria do lugar... mas as atitudes mostradas merecem incentivos... e a cultura do lugar idem... vlw!!!

 
Às 27/11/06 1:21 AM , Anonymous Junior disse...

pois e' Cassio,
Estou 100% de acordo com vc. Sou fanzao da Regina, ela tem tudo de um ser humano que planta e colhe muito amor por onde passa. Se puder me ajudar, to querendo localizar e dar uma forca pra aquele cara que mantem um centro de treinamento numa favela la do rio. E' uma nova modalidade de esporte parecido com peteca e jogado com raquete. Ta formando uma menina que e' surda. Me informe se puder sobre aquela materia.jufilho@aol.com.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats