04 novembro 2006

Cartas de Amor... Ridículas!!!

Para provar que os comunistas também amam, um pouco de Poesia neste Blog, até porque estou sem tempo para escrever textos.

"Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.
Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade e que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que sãoRidículas

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas.)"
Fernando Pessoa

Que atire a primeira pedra quem nunca escreveu cartas de amor. Eu já escrivi, e muitas, mas todos, ridículas, até porque, eram de amor.

7 Comentários:

Às 4/11/06 6:58 PM , Anonymous Pathy disse...

Eu nunca escrevi cartas de amor! =D
Já tive vontade, e milhares de coisas já se passaram na minha cabeça, mas talvez tenha me daltado coragem para colocar tudo em um papel... =)

=***

 
Às 5/11/06 4:10 AM , Anonymous Don Pascual disse...

*Atira uma pedra*
:-P
Sou rude, sem senso estético e péssimo com as palavras. Alêm disso, sou solitario. Por isso nunca tive a oportunidade de escrever cartas de amor. E se tivesse, certamente teriam ficado horriveis =/

 
Às 5/11/06 10:28 AM , Blogger Lara disse...

rsrsrsr muito bacana!Adorei!Tb jah escrevi muitas!!!!
Não sou bacharel em direito, sou em Geografia...
Mas amo estudar a nossa constituição (coisa de quem estuda p concursos rsrsrsrs)
Bju e bom fds!!!

 
Às 5/11/06 3:41 PM , Blogger Lanark disse...

He, já escrevi duas crônicas de amor. Uma eu postei no meu blog e a outra eu vou postar on final do ano.

E também escrevi um poema de amor. Um poema ridículo, que eu não pretendo postar nunca.

 
Às 6/11/06 12:33 AM , Blogger Rodrigo Valle Barradas disse...

Massa demais. Hehehe
É verdade, quem não escreveu. De fato ridículas, porém sinceras... Pelo menos com o que sentiamos na época. hehhhehe. Aliás ainda escrevo à minha namorada, sempre saem meio bregas as cartas, mas talvez aí é que esteja a coisa!!! hehehe

Grande Abraço.

 
Às 10/11/06 12:39 AM , Anonymous Giceli disse...

Ow... Cássio até vc recorrendo a Álvaro de Campos, digo a Fernando Pessoa,Álvaro é mais um dos heterônimos de Pessoa, bem...não sei se sabe mas certa vez eu comentei sobre esses versos com o anarquista ,foi ele que te passou?
É por íncrivel que pareça os marxistas também amam, afinal quem não ama,amou ou amará algum dia, ou seja meu querido mais cedo ou mais tarde a gente acaba fazendo parte da turma dos ridículos!!!

P.S: vc viu q xique tomei vergonha na cara e comentei...mas é por que vc parece q só discutia assuntos de política(não que eu não goste)mas vc sabe meus posicionamentos e enfim se tratando de Pessoa(eu pessoalmente gosto muito,além de Drummond,Neruda,Matos e por aí vai) bem...era apenas pra mim fazer um comentário mas acho que já dá pra escrever um livro!!!!
Desculpa me empolguei..mas tenho que compensar, afinal nunca comentei!!!

 
Às 26/11/06 8:46 PM , Anonymous Anônimo disse...

É fantástico ver Pessoa nos blog's do outro lado do oceano.Sugiro mesmo toda a sua obra... não percebi a dos comunistas, de amar e da poesia, mas n temos que perceber tudo... ah, também já escrevi cartas de amor, daquelas mesmo ridiculas...

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats