08 outubro 2006

Uma visita ao Paraíso


Neste último sábado, tive a oportunidade, juntamente com alguns colegas da Faculdade de fazer um visita à COPAVI, Cooperativa dos assentados do MST na cidade de Paranacity, região Noroeste do estado do Paraná. Como diz o título, passei um dia no paraíso.

O local foi ocupado no início dos anos 90, uma terra do Incra que estava arrendada para o plantio de Cana de Açúcar. Vejam, uma terra pública que estava arrendada. Lá se começou do zero, por ser uma área de Cana, não existia uma árvore sequer, hoje a realidade é bem diferente. Fomos recebidos por um assentado que bem pode explicar a situação e tirar muitas dúvidas.

O assentamento é algo totalmente fora do padrão mercantilista que vivemos, lá não existe a palavra ´meu´, apenas a palavra ´nosso´. É isso mesmo, existem vinte e três famílias vivendo em um sistema comunal, ou seja, tudo é divido por igual entre todos.

Ao contrário de outros assentamentos onde a área desapropriada é dividida em pequenos lotes e cada família recebe um e com ele deve sobreviver, lá a área é de todos, não foi feita esta divisão, inclusive ainda permanece em nome do Incra.

A área possui cem alqueires de terra, produz a grande maioria dos alimentos destinados à subsistência de todos (carne, verduras, feijão, etc...), ainda industrializa produtos que são vendidos nos supermercados como o Leite, Açúcar Mascavo, Doces e inclusive exporta Cachaça, muito boa por sinal. Tudo é produzido de forma orgânica, ou seja, sem agredir o meio ambiente.

Mas o mais interessante é a organização do trabalho. Recebe-se por hora trabalhada, e o valor da hora é o mesmo para o pessoal da administração e do corte de cana. Incrível. Mesmo o pessoal do administrativo coloca a mão na enxada. Todos almoçam juntos, em um refeitório coletivo, as decisões todas são tomadas por assembléias, com a participação e voto dos assentados.

Pode parecer um pouco surreal e utópico, mas é a mais pura verdade. Até tive vontade de mudar para este local. Aqueles críticos da Reforma Agrária poderiam conhecer esta realidade, e não somente a que é mostrada no ´Rede Bobo` de televisão. Antes de criticar conheça!

6 Comentários:

Às 9/10/06 12:32 AM , Anonymous Bela disse...

Ola Casio.. é a Bela!! tudo bom??
então, vc foi no acamapamento?? que maximo..
como voces conseguiram o acesso??
tenho muita vontade de conhecer lá.. falam que é d++!!! outra realidade..
se quiser responda-me pelo orkut... sei lá.. mas repsonda.. ihihih..
beijos.. beijos...

 
Às 9/10/06 12:41 AM , Blogger Fabiano Roberto disse...

realmente parece ser uma experiencia muito boa esse local, e sem duvida se usarmos mais a palavra "nosso" ao inves de "meu" as coisas ficam mais faceis.

 
Às 9/10/06 5:08 PM , Blogger Márcio Pimenta disse...

Caro Cássio,

Não sabe como fiquei feliz ao ler este texto. Se todos os estudantes tivessem esta oportunidade talvez as mentiras de Veja fossem mais rejeitadas e hoje teríamos uma visão bem diferente sobre reforma agrária.

Aproveite a oportunidade que você teve por que ela é unica! Estou tentando levar alguns alunos(as) da faculdade mais estou encontrando entraves financeiros para o projeto.

Por favor, Parabenize por mim aos responsáveis pela idéia!

Você já viu minhas fotos num acampamento do MST? Clique no Flicr do meu blog.

Coloca fotos para a gente ver!

Abraços!

 
Às 10/10/06 9:34 PM , Blogger Elis disse...

Realmente.. Dá ate vontade de mudar pra esse lugar!
Deve ter sido uma experiência e tanto!

Bjs

 
Às 10/10/06 11:59 PM , Anonymous Anônimo disse...

Oi Cassio, também sou novalondrinense, sou um entusiasta da Reforma Agrária, como forma de libertação dos explorados pela sociedade, tive a oportunidade de colaborar com o MST, no ano de 1995, pena que meus conhecimentos não fora o suficiente para suprir suas necessidades, nesta época o projeto da Copavi já era um sucesso, fiquei feliz em saber que continuam os avanços no projeto pela socialização daquele assentamento.
Seu Blogger é 10.
Celso Gomes.

 
Às 18/10/06 10:06 AM , Anonymous Alex Verdério disse...

"as massas tomam o céu em assalto..."(Karl Marx)
Olá Cassio ficamos todos e todas, aqui da COPAVI, muito contentes com seu relato da visita que você e seus colegas nos fizeram aquele sábado.
Depoimentos como o seu nos dão mais ânimo e depositam mais responsabilidade sobre nossa expêriencia.
Como você bem relatou, graças aluta da classe trabalhadora conquistamos melhores condições materiais de vida, o consequentemente possibilitou-nos melhores condições subjetivas. E isto nos mostra que um outro mundo é possivel.
Com a clareza, que nossa expêriencia de organização e vivência, hoje, alcançou outro patamar esperamos conseguir seguir em frente, buscando construir e fortalecer alternativas ao sistema do capital.
E se expêriencias como a nossa têm papel fundamental na luta por transformação social, pessoas como você, nos trazem a certeza, que muito mais necessárias são as pessoas que com clareza e vontade politica, buscam a transformação. Pois são várias as trincheiras de luta...
Ficamos muito gratos por sua visita, e esperamos nos encontrarmos novamente em luta.
Um forte abraço... e até a vitória sempre... e o céu que nós aguarde... pois nós trabalhadoes e trabalhadoras haveremos de construi-lo com nossas próprias mãos para nosso próprio desfrute.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats