11 julho 2006

Petista desde criancinha...

Muita gente se espanta quando fica sabendo que eu sou petista. Parece até que é um crime isso. Mas ninguém escolhe ser petista, isso acontece naturalmente, é amor a primeira vista, ao primeiro contato. Não fui eu quem escolheu ser petista, mas foi o PT quem me escolheu.

Venho do seio de uma família conservadora, meus tios e tias sempre votaram e apoiaram os candidatos da direita, tenho um tio filiado ao PFL até hoje. Meu primeiro contato com o PT foi em 1989, naquela eleição presidencial, eu tinha apenas 07 anos.

Eu amava ver as propagandas eleitorais, ficava vidrado na frente na TV, e não sei porque, um certo homem barbudo me cativou, aquelas imagens dos seus comícios na praça da Sé, uma multidão de gente gritando “Lula-lá”, seu jeito simples de se expressar, o povo vibrando, aquelas bandeiras vermelhas com uma estrela no centro, enfim, foi amor à primeira vista.

Tinha uns parentes que moravam em São Paulo, e consegui uma estrelinha. Foi o máximo. Andava direto com ela no peito. Consegui também alguns cartazes e santinhos. Pensa numa pessoa que distribuía para todos os parentes, até colava cartazes na casa deles, que óbvio, arrancavam na hora. Queria muito assistir aquele fatídico debate da Globo, mas o sono me venceu naquela noite. No dia da eleição eu saí na rua todo empolgado, achando que o Lula ia vencer, fui até acompanhar a apuração das urnas aqui em Nova Londrina.

A partir daquela eleição eu comecei a acompanhar mais. Sempre procurava saber quem eram os candidatos do PT, a Governador, Senador, Deputados, enfim, o PT me conquistou.

Na escola também era engraçado, aqui a cidade é pequena, portanto bem conservadora, de proprietários rurais, então é óbvio que a maioria tem medo de petista, e meus colegas de classe também tinham. Eu sempre defendi e debati, era cômico porque todo mundo repetia o que ouvia em casa, e eu fala o contrário.

O tempo foi passando, vieram as eleições de 1994, 1998, e eu ainda participativo, atuando, entrei no ensino Médio, as coisas foram ficando mais sérias, e pena que aqui em Nova Londrina não existia ainda o diretório municipal do PT.

Professores meus fundaram o partido, e óbvio que me convidaram para participar, e acho que em 1999 ou 2000 me filiei, e desde então o que era namoro transformou-se em casamento. Diversos encontros estaduais, reuniões, até em Brasília eu já fui por causa da militância. Teve um encontro em Ponta Grossa/PR que exemplifica o que é ser petista: o pessoal reunido o fim de semana em um seminário, quem acordava primeiro já ia fazer o café, todo mundo ajudava a limpar o lugar, varrer, fazer o almoço, o lixo era separado para reciclagem, tinha vários jornais do dia para serem lidos, nos intervalos das reuniões tinha sempre uma rodinha de violão, enfim, parecia mais umas férias que um encontro partidário, devido ao clima de informalidade existente.

Ser petista é defender não só o socialismo, mas também as minorias, os pobres, os menos favorecidos pela sorte ou pelo sistema, os deficientes, os homossexuais, os analfabetos, os sem-terras, é acreditar na igualdade entre os seres humanos. Ser petista é amar o partido, os companheiros são companheiros mesmo, cria-se um vínculo de amizade entre as famílias.

Infelizmente algumas pessoas traíram o restante dos companheiros, mas isso não muda a relação dos verdadeiros petistas para com o partido. Posso dizer que estou desde 1989 na militância, e não é porque alguns dirigentes erraram que eu vou abandonar o barco. Muito pelo contrário, vou tentar concerta-lo e coloca-lo no rumo novamente. Sempre fui petista, e sempre vou ser, não me vejo em outra sigla, não sou como uns e outros que pensam somente no próprio umbigo e mudam de partido como mudam de roupa. Tenho minha ideologia partidária, acredito que o Brasil precisa de partidos fortes.

Mesmo com os problemas, a base continua unida, na busca de um país melhor para se viver. Os criminosos pagarão por seus atos na justiça, e mais uma vez a militância vai mostrar sua força nas ruas, “sem medo de ser feliz!”

7 Comentários:

Às 11/7/06 9:05 PM , Anonymous Prof Roberto disse...

ai companheiro, otimo testemunho...assim são as pessoas que compartilham e comprometem com o PT, lutam por mais desenvolvimento e menos desigualdade...socialistas que somos por um mundo mais humano e um Brasil de cidadãos com oportunidades iguais...sem humilhação, sem autoritarismo, sem escravidão, sem preconceitos...não é utopia...é só querermos...basta ter vontade em mudar...

 
Às 11/7/06 9:19 PM , Blogger Dido Carvalho disse...

Saudações Socialistas,

Gostaría de lhe elogiar mais uma vez por sua iniciatíva em colocar um banner em seu Blog alertando as pessoas para que valorízem a cultura popular nacional...

Com relação a lista dos Deputados Estaduais que votaram contra a reposição salarial dos Professores que você me pediu vou ficar devendo, mas, certamente não deve ser difícil encontrar na internet, tente no site do APP-Sindicato: http://www.app.com.br/portalapp/

Abraços, até a próxima!

 
Às 12/7/06 4:31 PM , Blogger Daphine Alonso disse...

Ai Petista?...rs melhor eu só responder a sua pergunta do blog mesmo, rsss

Então, vc acertou a primeira:´vc é o pai do padre.

Mas a segunda é o bliheterio do trem que descobriu que foi o marido que matou, pois o marido comprou duas passagens de ida e uma de volta...rs

Bjão...

 
Às 12/7/06 5:42 PM , Blogger Angela disse...

Em qualquer partido existem aqueles que são honestos e honrados, e os corruptos.
Sou meio apolítica, não entendo muito do assunto.
Acho que independente do partido, os políticos deveriam sempre pensar no bem estar do país, nos diversos aspectos.
Que vc seja um militante justo, que tenha uma visão ampla dos problemas... :)

 
Às 12/7/06 5:50 PM , Blogger Cristiano Contreiras disse...

As pessoas precisam estar mais esclarecidas, diante do universo politico e social, para depois entender e saber como agir e votar.

adorei seu espaço.
abraços

 
Às 23/7/06 2:32 AM , Anonymous Karin disse...

Oi...
Sendo você um petista a muito tempo me responda uma coisa: o que você achou da declaração do Lula á agência EFE, onde ele diz que nunca foi um esquerdista?

Link da reportagem: http://noticias.terra.com.br/eleicoes2006
/interna/0,,OI1070437-EI6652,00.html

Beijos...

 
Às 15/3/07 6:33 PM , Anonymous Anônimo disse...

Very cool design! Useful information. Go on! »

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats