14 junho 2006

Só o primeiro jogo...


É impressionante como a Copa do Mundo mexe com os brasileiros. Ontem, uma hora antes do jogo contra a Croácia, decidi ir dar uma voltinha rua, e o astral das pessoas era diferente, parecia que todo mundo estava em transe, uma correria danada, o comércio fechando, tudo por causa de uma jogo de futebol. Eu, como um apaixonado por futebol, nem fui trabalhar no período da tarde, já na concentração.

Carneiro na churrasqueira, quatro engradados de cerveja gelada, amigos reunidos, e começa o espetáculo. O primeiro tempo foi mais gostoso de se ver, até porque o adversário estava bem assustado, um golaço do Kaká. O segundo tempo já foi mais dramático, a Croácia veio com tudo pra cima da nossa seleção. Gostei da alteração do Parreira, tirando o Gornaldo e colocando o Robinho, deu mais movimentação para o ataque, e conseguimos equilibrar o jogo. Se todo jogo for assim, os cardíacos não vão agüentar...

O apito final do árbitro, aquele grito para extravasar e o pessoal já respirando mais aliviado, e aqui em Nova Londrina foi impressionante, toda a cidade foi para a rua após o jogo, buzinaço, e aquela comemoração. Mas comemorar o que? Foi apenas um jogo, falta muito ainda. Mas como brasileiro e Copa do Mundo têm uma relação “estranha”... que venha a Austrália!!!

4 Comentários:

Às 14/6/06 12:19 PM , Blogger Dido Carvalho disse...

Fala aí sangue bom!

Muito boa esse seu post, como sempre, bem coerente em suas idéias e pensamentos, você só tem o defeito de ser petista....hehehe (brincadeirinha), haa, toda vez que entro em seu blog ele está cada vez mais produzido, parabéns!

Bom, achei esta matéria abaixo, e pensei que talvez você iría gostar de fazer algum comentário em cima, em seu blog, pois, como você sabe eu procuro falar apenas de política no meu...

Um forte abraço e até a próxima!


..................................


Zagueiro croata diz que foi "muito fácil" marcar Ronaldo

da Folha de S.Paulo
http://www1.folha.uol.com.br/folha/esporte/ult92u103463.shtml

Escolhido para a aparentemente dura missão de marcar o atacante Ronaldo, o zagueiro croata Robert Kovac afirmou nesta quarta-feira que se surpreendeu com a facilidade que encontrou em campo. O Brasil venceu o jogo por 1 a 0, com gol de Kaká.

"Foi muito fácil. Eu já tinha jogado contra ele antes e tinha sido muito difícil. Eu não sei o que aconteceu com ele", afirmou à BBC o defensor.

"Ele não correu e ficou parado em frente de nós. Ele deve estar cansado. Ele mal tocou na bola", acrescentou Kovac.

Até o banco de reservas da Croácia ficou surpreso com a atuação do camisa 9 da seleção brasileira. "Eu adoraria ver a estatística do quanto ele correu", disse o goleiro suplente Joe Didulica. "Acho que ele deu três ou quatro sprints de coisa de 10 metros. Eu fiquei impressionado assistindo do banco".

Apesar da má atuação de Ronaldo, outro zagueiro croata, Josip Simunic, saiu em sua defesa. "O Ronaldo é o jogador mais perigoso do mundo", afirmou. "Não sei do que todo mundo está falando e tenho 100% de certeza de que ele vai marcar quatro ou cinco gols no torneio. Esperem e vejam".

Os brasileiros voltam a campo no próximo domingo, contra a Austrália, que venceu o Japão por 3 a 1 em sua primeira partida e lidera o Grupo F.

Croácia e Japão se enfrentam no mesmo dia, buscando manter suas chances de classificação para a segunda fase.

 
Às 14/6/06 12:26 PM , Blogger Dido Carvalho disse...

Apropósito, postei um texto da Lúcia Hipólito em meu blog fazendo uma comparação da seleção brasileira com o governo Lula (mas acho que você não vai gostar)...

Já soube da última, o PFL já está praticamente acertado que apoiará Rubens Bueno (PPS) aquí no Paraná, e o PMDB do Reiquião, quem diría, possívelmente terá o apoio do PSDB...ninguém merece esse governador duas caras!

Abraços.

 
Às 15/6/06 12:43 PM , Blogger Juju Mascarenhas disse...

Olha eu de volta aos campos do comentários dos blogs amigos?? ;)
Já não era sem tempo...mas estava em aulas, cheia de provas e trabalhos, enfim..e agora estou de férias..
Bom, sobre o seu texto: adorei como escreveu. Pensei q ia falar que o povo não se animou muito com o resultado, como ocorreu, aqui, na terra do axé. Eu esperava mais. Aliás, td brasileiro sempre espera mais. Sinceramente, pra mim, que não entende quase nada de futebol, quem realmente 'deu de si' no jogo foram Roberto Carlos, Ronaldinho Gaúcho e Kaká. Ronaldo precisa tirar a idéia de que melhor jogador do mundo não é vitalício como seu contrato com a Nike e correr atrás da bola, porque futebol e Copa do Mundo tem sido, hoje, uma das poucas alegrias do brasileiro, em meio à tanta violência e corrupção existente no país.
Beijinhos

 
Às 19/6/06 3:00 PM , Anonymous ROBERTO disse...

REALMENTE, NÃO TEMOS MUITO A COMEMORAR, JÁ QUE O PAIS APRESENTA TANTOS PROBLEMAS, E AINDA O POVO ESTÁ PREOCUPADO EM ESCALAR A SELEÇÃO...POR QUE NÃO SE PREOCUPAR COM A DESIGUALDADE, A INJUSTIÇA, A POLITICAGEM? QTA HIPOCRISIA.......

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



Free counter and web stats